DossierLocalNacional

Conselho Consultivo para a Prevenção e Redução dos Resíduos

Esta segunda-feira, dia 20 de Novembro, a Câmara Municipal de Lisboa apresentou o Conselho Consultivo para a Prevenção e Redução dos Resíduos.

O novo órgão pretende definir metas e apresentar medidas para reduzir o lixo na cidade de Lisboa, envolvendo as entidades e os cidadãos nessa missão.

Nos Paços do Concelho, o vice-presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Duarte Cordeiro, recordou a meta nacional de redução de 10% dos resíduos entre 2012 e 2020, considerando-a uma meta “ambiciosa que tem de envolver toda a comunidade para obter resultados”. “Não podemos ficar de braços cruzados”, resumiu o vice-presidente da Câmara.

No âmbito do trabalho do Conselho Consultivo, vão desenrolar-se encontros de trabalho entre os parceiros envolvidos no projecto, onde serão debatidas ideias e boas práticas e a sua aplicabilidade em Lisboa, nos vários sectores de actividade.

Entre os objectivos principais, contam-se os de alargar a percentagem de reciclagem, alargar a rede de recolha selectiva de resíduos e torná-la mais eficaz.

As entidades parceiras abrangem organismos do Estado, como a Direcção-Geral das Actividades Económicas ou a Direcção-Geral do Consumidor, a Câmara de Lisboa e as juntas de freguesia, a Agência Portuguesa do Ambiente, a Valorsul, a Ersar, a Sociedade Ponto Verde, além de associações ambientalistas e de hoteleiros, empresas de distribuição, associações que trabalham com o desperdício alimentar, entre outras.

 

Entre alguns dos números divulgados, ficam os mais sonantes: Lisboa produz diariamente 800 toneladas de resíduos e cada residente produz cerca de 540 kg por ano.

A versão final do documento, disponível para consulta pública, pode ser consultada no seguinte endereço.

 

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close