CulturaDossierSociedade

Zé Pedro foi o ausente mais presente do emotivo concerto dos Xutos

 

O EXPRESSO do Oriente marcou presença na 8.ª edição do festival Rock in Rio Lisboa, onde teve oportunidade de assistir ao primeiro grande concerto dos Xutos sem Zé Pedro.

Quando as portas do recinto abriram, ao meio-dia do dia 29 de Junho, já ninguém ia ao engano: era certo que a chuva havia de cair ao longo da tarde e da noite, restava saber se iria dando tréguas e quais seriam as bandas mais “castigadas”. E apesar de essa nota destoar do conceito de concerto de Verão, como que num “Mundo ao Contrário”, como diriam os Xutos, os fãs não fizeram caso e aproveitaram ao máximo!

No dia em que fomos, o festival já tinha oferecido dois dias de excelente música ao público, incluindo grandes nomes como Muse, Bruno Mars, Bastille, Demi Lovato, Anitta, Agir, Diogo Piçarra, Carolina Deslandes e Anavitória. E no dia a seguir ainda haviam de subir ao palco Ivete Sangalo, Katy Perry e Jessie J, além da Blaya, de Carlão e Diego Miranda.

Coube à banda britânica James abrir o Palco Mundo às 18 horas em ponto, quando Manel Cruz já tinha encetado hostilidades no Music Valley. Apesar dos problemas técnicos que afectaram o desempenho da banda de Manchester, e da chuva que o vocalista Tim Booth temeu que pudesse afastar o público, foi um concerto dinâmico e com um espírito quase intimista o que aconteceu no Rock in Rio, de tal forma os membros da banda se misturaram com a multidão por várias vezes! Saul Davies tocava com a camisola da Selecção portuguesa, Tim Booth pedia contacto visual em vez das lentes dos smartphones e uma hora de concerto acabou por saber a pouco…

Eternos Xutos & Pontapés

Seguiram-se os Xutos & Pontapés, na oitava actuação em oito edições do Rock in Rio Lisboa e no seu primeiro grande concerto sem Zé Pedro, falecido em Novembro do ano passado. Não podiam faltar os clássicos todos: “À Minha Maneira”, “Chuva Dissolvente”, “Circo de Feras”, “Homem do Leme”, “Não Sou o Único”, “Contentores”…

A maior e mais consensual banda rock portuguesa protagonizaria mesmo o momento da noite, quando “Para Ti, Maria” ecoou e Zé Pedro surgiu nos ecrãs, sorridente como sempre, a tocar num concerto anterior. A homenagem não terá deixado ninguém indiferente e os arrepios na pele tornaram o momento ainda mais especial!

Nesta altura, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro António Costa juntaram-se ao palco, acompanhados de muitas outras personalidades, incluindo Ferro Rodrigues e Fernando Medina, e uma dúzia de “sortudos” anónimos. Este grande grupo participou no coro da última música do concerto, uma que todos sabem de cor, e cantou: “As saudades que eu já tinha da minha alegre casinha, tão modesta quanto eu…”. O dilúvio não parou, mas ninguém arredou pé; estava tudo em apoteose!

The Killers brilham

Na melhor actuação da noite, The Killers tomaram conta do palco e garantiram que ninguém arrefecia, logo desde os primeiros acordes, com muita cor, luzes e confettis. Os americanos de Las Vegas trouxeram músicas novas mas também os seus clássicos de sempre, incluindo alguns temas que não têm figurado nas setlists dos últimos concertos. “Spaceman”, “Somebody Told Me” e “When You Were Young” deixaram toda a gente ao rubro, mas o melhor estava para chegar no encore, quando os Killers tocaram “Human” e “Mr. Brightside” para o delírio final.

Depois do fogo de artifício ter surpreendido muita gente, os Chemical Brothers e a sua música electrónica fecharam a noite.

Numa edição marcada pelos copos reutilizáveis, coleccionáveis, para reduzir o desperdício, pela proliferação dos sofás vermelhos (em ainda maior número que no último festival) e pela chuva atípica de finais de Junho, fica para sempre a memória de ver Zé Pedro uma vez mais a pular no palco do Rock in Rio, acompanhando os seus companheiros de sempre. Guitarra na mão, lenço vermelho no pulso, camisa negra aberta e sorriso nos lábios.

(créditos fotos: agenciazero.net)

 

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close