LocalNacionalOutras

Ricardo Robles renuncia ao cargo de vereador

O vereador Ricardo Robles, do Bloco de Esquerda, renunciou esta segunda-feira, dia 30 de Julho, às funções desempenhadas no executivo da Câmara Municipal de Lisboa.

Além das funções de vereação (acumulava os pelouros da Educação, Saúde, Direitos Sociais e Cidadania), Ricardo Robles renunciou ainda às funções de membro da comissão coordenadora da concelhia de Lisboa do Bloco de Esquerda.

A demissão vem na sequência da polémica instalada em torno da questão relativa a um prédio em Alfama, cuja posse partilhava com a irmã. De acordo com informação veiculada nos últimos dias pela comunicação social, o agora ex-vereador comprou o edifício por 347 mil euros e colocou-o à venda, através de uma agência imobiliária, por 5,7 milhões.

A notícia da renúncia aos cargos de vereador na Câmara Municipal de Lisboa e de membro da comissão coordenadora da concelhia de Lisboa do Bloco de Esquerda foi publicada no site oficial do Bloco de Esquerda.

Nessa nota, pode ler-se: “Uma opção privada, forçada por constrangimentos familiares que expliquei e no respeito pelas regras legais, revelou-se um problema político real e criou um enorme constrangimento à minha intervenção como vereador”.

A nota não foi a primeira reacção à polémica; já antes, Ricardo Robles tinha publicado na sua conta pessoal no Facebook esclarecimentos sobre a matéria e tinha dado uma conferência de imprensa em que argumentava ter agido sempre de forma exemplar e sem comprometer os princípios que advoga para a cidade de Lisboa.

 

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close