Início » Reportagem » Programas “Olivais em Férias”

São três os programas de ocupação de férias para as crianças e jovens olivalenses que estão a fazer as delícias dos participantes até ao início das aulas, em Setembro.

O programa original chama-se Olivais em Férias, e engloba as crianças dos 3 aos 12 anos de idade, mas depois existem duas variantes: o Olivais em Férias Jovem, destinado a acolher os jovens entre os 13 e os 17, e o Olivais em Férias +, que acolhe crianças e jovens com necessidades especiais, portadores de multideficiência ou paralisia cerebral.

As actividades são de lazer, lúdicas, pedagógicas e culturais e prolongam-se desde o princípio do mês de Julho até ao início das aulas (exceptuando o caso do Olivais em Férias +, que decorreu em duas semanas apenas).

A Junta de Freguesia apostou no reforço das piscinas colocadas em dois equipamentos escolares, escolhidos por oferecerem as melhores condições: a Escola Sarah Afonso e a Escola Paulino Montez. E os jogos aquáticos estão mesmo no topo das preferências dos mais novos, conforme nos confidencia Anabela Silva, vogal da Educação da autarquia local.

A vogal também nos faz a descrição das restantes actividades que constam do programa: “a construção de um mercado com produtos verdadeiros como frutas, legumes e mercearias, aulas de culinária, ioga, dança criativa, dança contemporânea, hip hop, música, actividades com os Bombeiros ou com a PSP, actividades intergeracionais com os Centros de Dia”…

Tudo isto sem esquecer as idas à praia, que acontecem dois dias por semana.

Já os mais velhos, dos 13 aos 17, contam com um conjunto de actividades diferente. Também há idas à praia e à piscina, outras actividades lúdicas, visitas à cidade de Lisboa, a Sintra ou a Cascais, e ainda à Base Naval do Alfeite.

Uma das novidades deste ano, conforme nos explica o vogal com o pelouro da Juventude, Duarte Carreira, é a aposta na utilização dos transportes públicos: “Pretendemos que as crianças e jovens se divirtam, mas também que aprendam e que integrem no seu dia-a-dia práticas como a utilização de transportes públicos. Os nossos jovens vão de autocarro, de comboio ou de barco para a maioria das deslocações que fazem no âmbito do Olivais em Férias Jovem”.

O modelo também sofreu outra alteração de monta em relação a 2016: este ano já não há dormidas fora de casa, para promover uma maior participação de jovens. A medida parece ter resultado, porque as inscrições esgotaram completamente para o mês de Julho.

Resta-nos falar do Olivais em Férias +, criado para proporcionar às crianças e jovens com necessidades especiais as mesmas oportunidades de que as outras crianças e jovens dispõem.

“É importante oferecer aos cuidadores, nomeadamente pais e outros familiares, um descanso desta responsabilidade que dura 24 horas. Alguns deles não têm possibilidade de levar os seus filhos à praia ou a outro tipo de atividade”, aponta a vogal Anabela Silva.

Ao longo de duas semanas em Julho, a Junta de Freguesia levou os jovens num autocarro adaptado ao transporte para cadeira de rodas até à praia, ao McDonald’s, ao cinema, a um centro de convívio com cães treinados, ao Vale do Silêncio, entre outros locais.

Mas não foi tudo: os participantes também se juntaram às crianças do Olivais em Férias para uma aula de culinária conjunta, tiveram direito a uma aula de pintura, actividades lúdicas, ioga, música e, claro, piscina! Um dos momentos mais especiais foram os dois bailes de gala organizados no último dia, com a presença de pais e familiares…

No total, os três programas de ocupação das férias envolveram mais de 1000 crianças e jovens dos Olivais.

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!