Sociedade

Pastelaria Versailles, em Lisboa, comemora 100.º aniversário

A icónica Pastelaria Versailles, na Avenida da República, em Lisboa, completou 100 de actividade e a Câmara Municipal de Lisboa homenageou o seu proprietário, Mário Pereira Gonçalves, atribuindo-lhe a Medalha de Mérito Comercial.

Mário Pereira Gonçalves nasceu em 1939, em Arganil, e cedo rumou para a capital onde trabalha desde os 13 anos de idade. Passou por diversas pastelarias como empregado e com apenas 23 anos tornou-se proprietário da Versailles. Foi também presidente AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal durante 40 anos, cessando funções nesse cargo já em 2022, altura em que completou 83 anos de vida.

Foram muitas as distinções que recebeu durante o seu percurso profissional, das quais se destacam a Medalha de Mérito Turístico – Grau Ouro, atribuída em 1998 pelo então Primeiro-Ministro António Guterres, e o grau de Comendador da Ordem do Mérito Empresarial, entregue pelo Presidente da República, Jorge Sampaio, em 2000.

A Pastelaria Versailles foi inaugurada a 25 de Novembro de 1922 pelas mãos de Salvador José Antunes, um português com formação francesa que deu ao estabelecimento o nome de “Patisserie Versailhes” e lhe imprimiu um ambiente sofisticado que chamava a si uma clientela seleccionada.

Os tempos mudaram, a Versailles acompanhou, mas mantendo-se sempre fiel ao serviço tradicional e esmerado a que habituou os seus clientes. A qualidade dos produtos servidos, aliado ao requinte do serviço proporcionado em ambiente ao estilo Luís XIV, retratando os lagos de Versalhes, levou a que, em 1987, fosse considerada Património Classificado pelo IPPAR. Desde há décadas sob a gerência de Mário Pereira Gonçalves, a Pastelaria Versailles completa agora 100 anos de vida com a mesma qualidade num espaço onde a tradição ainda é o que era.

O prémio que distingue o empresário de uma das pastelarias mais icónicas de Lisboa foi entregue aos seus filhos Isabel e Paulo Gonçalves, pelo presidente da CML, Carlos Moedas, no dia 13 de Outubro, como reconhecimento pelo seu contributo para o prestígio do turismo, da gastronomia e do comércio lisboeta.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close