Nacional

A LigaT chega ao mercado com mais Internet e menos tretas

Com previsão de lançamento até ao final de 2022, a nova operadora de fibra ótica LigaT chegará, inicialmente, às zonas do concelho de Mafra. A estreia no país, a nível comercial, de velocidades até 10Gbps!

A LigaT tem, em si, um espírito de inconformismo e promete Internet de fibra ótica rápida a um preço justo, descartando serviços não essenciais ou inúteis na escolha de um serviço de telecomunicações. Na campanha de lançamento, a marca procura conquistar os primeiros embaixadores da LigaT. Numa iniciativa inédita de crowdfunding, os primeiros “clientes especiais” vão poder aceder a ofertas absurdas, onde se incluem acessos com velocidades entre 1Gbps e 10Gbps, pela primeira vez em oferta comercial em Portugal. Outros serviços habitualmente associados, como TV ou telefone fixo, não farão parte do portfólio inicial da marca e o móvel entrará nos planos apenas em 2023.

Este primeiro serviço, limitado a 510 embaixadores, tem um valor único para uma duração entre 12 e 24 meses. A marca promete ainda “desfidelizar-se” do conceito de fidelização, dando sempre ao consumidor a opção de desistir do serviço sem qualquer período de obrigação contratual ou de outros ónus associados.

Segundo o CEO da LigaT, Luís Filipe Tavares, “temos uma equipa fantástica e muito experiente que decidiu juntar-se, reunindo tudo o que gostariam que fosse diferente enquanto utilizadores de Internet. Entramos no mercado para simplificar e democratizar o acesso à Internet nas regiões onde nos vamos implantar. Temos um plano de desenvolvimento de serviços muito focado e exigente que vai acrescentar inovações inéditas em Portugal, porventura a nível mundial, e que a seu tempo farão a sua introdução no mercado”.

A Internet de fibra ótica da LigaT estará funcional até ao final de 2022 no concelho de Mafra, sendo que existe o objetivo de expansão para outras zonas do país. Para tal, convida os internautas portugueses a “ligarem-se” e a acompanharem as novidades que prometem ser “quentes e boas”.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close