LocalNacional

1.º selo do mundo com luz led

Os CTT apresentaram esta terça-feira, dia 22 de Outubro, uma emissão filatélica de três selos e um bloco com um selo sobre os Reis Magos, com uma particularidade única no mundo.

O selo do bloco filatélico tem luz led na estrela-guia, onde está inserido um díodo emissor de luz, que é activado através de um telemóvel com tecnologia NFC, segundo esclarecem os Correios em comunicado.

É a primeira vez que o mundo vê semelhante tecnologia na filatelia, conforme assegura o director de filatelia dos CTT, Raúl Moreira, director de Filatelia dos CTT.

Os selos desta emissão correspondem a cada um dos conhecidos Reis Magos. Paulo Mendes Pinto afirma que “os nomes foram consignados por Beda, o Venerável (673-735), que deve ter sistematizado várias tradições, afirmando que Belchior era velho de 70 anos, de cabelos e barbas brancas, oriundo de Ur, tal como Abraão; que Gaspar era um jovem, robusto, que partira de uma distante região montanhosa junto ao Mar Cáspio: e que Baltazar era oriundo do Golfo Pérsico, tinha barba cerrada e teria 40 anos.”

Ouro como símbolo da realeza, incenso como símbolo da divindade e mirra como símbolo da paixão, foram as ofertas dos Reis Magos ao Messias, cujo nascimento foi indicado por uma estrela, símbolo dessa realeza. “O centro simbólico é, com toda a naturalidade, a Luz. É a estrela que guia estes Magos; é a estrela que vai marcar o local onde nasceu Aquele que trará a Luz ao mundo. Vindos de longe prestar homenagem ao novo Rei, os Magos vêm receber a Luz”, conforme no diz Paulo Mendes Pinto na pagela desta emissão.

Esta emissão é composta por três selos com o valor facial de 0,53€, 0,86€ e 0,91€ e uma tiragem de 100 mil exemplares cada, bem como um bloco com um selo no valor de 3,50€ e uma tiragem de 50 mil exemplares. O design dos selos esteve a cardo de Jorge Macedo, da Infolio Design.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close