DestaqueDossier

Um mural de azulejos que fala de direitos

O Jardim Fernando Pessa ganhou uma nova obra: um painel de azulejos que celebra a Carta de Lisboa – Direitos e Responsabilidades.

Mesmo nas traseiras da casa da democracia no que ao Município diz respeito, visto que é no Fórum Lisboa que reúne a Assembleia Municipal, o mural de azulejos resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Lisboa e a Galeria Ratton, assinalando também o 30.º aniversário da Galeria.

O Jardim Fernando Pessa não era órfão de Cultura, visto que a poucos metros do local onde foi instalada a estrutura nova já existia um conjunto de esculturas hiper-realistas do escultor Melício, datado de 2001.

O acto inaugural foi breve e juntou a vereadora da Cultura Catarina Vaz Pinto, Ana Maria Viegas e Tiago Pegado, da Galeria Ratton, o presidente da Junta de Freguesia do Areeiro, Fernando Braamcamp, o vice-presidente da Assembleia Municipal, Rui Paulo Figueiredo, e vários dos artistas que contribuíram para a obra de arte.

Nas suas palavras, os intervenientes destacaram o objectivo de despertar as consciências para a questão dos direitos e para a própria Carta de Lisboa e recordaram a importância da arte para exercer essa função. A vereadora da Cultura também salientou a capacidade do azulejo para se reinventar.

O painel integra os contributos dos artistas Andreas Stocklein, Eduardo Batarda, Graça Morais, Irene Buarque, Jorge Martins, Júlio Pomar, Lourdes Castro, Manuel João Vieira, Maria Beatriz, Pedro Proença e Sofia Areal. Entre cada um dos desenhos em azulejo, são enumerados os 11 direitos e responsabilidades: Habitação, Protecção, Ambiente, Inclusão, Lazer, Participação, Saúde, Trabalho, Solidariedade, Educação e Cultura.

Seguiu-se um debate temático na AML para o qual o presidente em exercício convidou todos os presentes.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close