DestaqueEducação

Segurança no ensino à distância

Com o intuito de proteger os mais novos num momento em que se impõe o estudo não presencial nas escolas, a Direcção-Geral da Educação (DGE), em articulação com o Centro Nacional de Cibersegurança e a Comissão Nacional de Protecção de Dados, disponibiliza um conjunto de recomendações e de orientações, a ter em conta na utilização das tecnologias de suporte ao ensino à distância.

Divulgam-se, ainda, medidas de segurança específicas para o uso das plataformas ZOOMMoodleMicrosoft Teams e Google Classroom (a disponibilizar brevemente), de modo a que a sua utilização, no âmbito do ensino à distância, se processe de forma segura.

A DGE destaca ainda as orientações emanadas pela Comissão Nacional de Protecção de Dados, com o objectivo de  proteger os dados pessoais e minimizar o impacto sobre os direitos dos respectivos  titulares.

O terceiro período escolar inicia-se no dia 14 de Abril com aulas não presenciais, até dia 20 decorre um período de adaptação e a partir daí entra em vigor o regime de telescola através dos canais televisivos.

Mais informações em: https://www.seguranet.pt/pt/estudo-em-casa-recomendacoes-de-seguranca

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close