Início » Desporto, Reportagem » Zico: mais medalhas para guardar lá em casa

Escassos meses depois da nossa reportagem com Paulo Soares – “Zico”, esta autêntica máquina do jiujitsu português já conquistou mais uma dezena de medalhas, sagrando-se novamente campeão em competições internacionais.

Foi apenas em Setembro que conversámos com Zico nas instalações do Clube Futebol Chelas, mas entretanto o motorista de pesados de passageiros (convém não esquecer este dado) já andou pelo mundo a somar medalhas.

Recentemente graduado com a faixa marrom, a última antes da preta, Zico competiu no NAGA de Paris (NAGA é o acrónimo para “North American Grappling Association”), no Paris Open da IBJJF (Federação Internacional de Jiujitsu Brasileiro) e no Open Fall de Londres da IBJJF. Também por cá somou vitórias, competindo no Nacional Open que decorreu no Pavilhão Municipal do Casal Vistoso, em Lisboa.

Nestas competições, esteve em todos os lugares do pódio, salientando-se a conquista do cinturão do NAGA Paris, em destaque nas fotografias, e os títulos de campeão no seu peso e em absoluto sem kimono no Open de Paris e no seu peso com e sem kimono no London Fall.

“Sinto que ainda vou dar mais!”, garante o campeão. “Em Janeiro tenho o campeonato europeu, tenciono também disputar o campeonato mundial em Abu Dhabi, o campeonato europeu sem kimono em Roma e alguns opens que aparecerem pelo meio…”.

Informalmente, o atleta confessa que as coisas começam a ficar um pouco mais limitadas porque começou a dar aulas: tornou-se professor de jiujitsu no Clube 7 em Lisboa, quatro horas por semana. O objectivo é o de “partilhar o conhecimento, da mesma forma que partilharam comigo. Penso que está na altura”.

Nas nossas linhas, pede que deixemos registado mais um agradecimento aos patrocinadores Estrela Car, Solar do Peixe, lavandarias Jardim da Roupa e Mercearia da Zona J de Chelas, bem como à Brasilian Power Team, ao CF Chelas e a todos os técnicos que o acompanharam.

Parabéns, campeão!

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!