Reportagem

Luís Jorge Silva o homem do desporto olivalense

Estávamos em Dezembro de 1989 e dava-se a primeira partida da Corrida São Silvestre dos Olivais, a única em Lisboa nesse tempo. Começava assim uma tradição que já vai na sua 33.ª edição, com muitos prémios atribuídos a atletas nacionais e internacionais.Luís Jorge Silva, na altura vogal do Desporto na freguesia, foi desde então o grande impulsionador desta iniciativa anual, por isso agora, alguns anos após a sua saída do executivo, a Junta de Freguesia dos Olivais, aproveitando a edição de 2022 da corrida São Silvestre mais antiga da capital, decidiu prestar-lhe a merecida homenagem.

A noite estava fresquinha mas o calor humano transmitido pelos muitos familiares e amigos do antigo vogal do Desporto, aqueceu por completo o largo da Junta de Freguesia, na noite de 30 de Dezembro, momentos antes da partida da 33.ª Corrida de São Silvestre.

Visivelmente emocionado, Luís Jorge Silva subiu ao palco, enalteceu o apoio que sempre recebeu da família e agradeceu a homenagem da Junta de Freguesia, sem esquecer de mencionar o seu “amigo de sempre”, José Manuel Rosa do Egipto, o presidente com quem trabalhou em prol do desporto nos Olivais, nomeando as diversas modalidades que ambos desenvolveram na freguesia e que ainda hoje se destacam no panorama desportivo lisboeta, que vão desde o atletismo ao xadrez, passando pelo futebol, pelo futsal, pelo futebol feminino, pelo desporto adaptado, ou mesmo pela vela, entre tantas outras.

A actual presidente da Junta de Freguesia, Rute Lima, destacou as qualidades humanas de Luís Jorge Silva e, em nome dos olivalenses, ofereceu um troféu de agradecimento, assim como uma placa distintiva, entregue por Duarte Carreira, o agora vogal do Desporto. Das mãos de Domingos Castro, atleta de corrida premiado internacionalmente, o homenageado recebeu a camisola n.º 1 da Corrida São Silvestre 2022, e alguns dos clubes da freguesia fizeram questão de também deixarem lembranças àquele que foi um dos grandes impulsionadores do associativismo e que trabalhou para que as colectividades tivessem o merecido apoio de que necessitavam para desenvolverem o seu trabalho com as camadas mais jovens.

A acompanhar esta homenagem estiveram a família e muitos dos amigos de sempre que destacam um homem que consideram “um companheiro fiel”, “amigo do seu amigo”, “uma figura maior do Desporto na freguesia” ou “o que mais fez pelos clubes olivalenses”, entre as muitas qualidades que lhe atribuem.

 

A noite seguiu com a 33.ª Corrida São Silvestre dos Olivais, um evento que terá sempre a marca de Luís Jorge Silva, nesta foto com Acácio Soares, o impulsionador de outra grande marca na freguesia: o Jornal Olivais, iniciado após a primeira Corrida São Silvestre.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close