Início » Destaque, Dossier, Local, Nacional, Outras » Lisboa finalista do Prémio «Capital Verde da Europa» 2020

Lisboa é uma das 13 cidades finalistas ao prémio «Capital Verde da Europa» 2020.

O prémio, lançado pela Comissão Europeia, vai na sua 10.ª edição e será entregue em Junho de 2018, depois de uma análise das candidaturas por um painel de peritos e de uma avaliação por um júri internacional.

Lisboa compete com outras 12 cidades europeias pela distinção, a saber: Aberdeen (Reino Unido), Budapeste (Hungria), Bursa (Turquia), Ghent (Bélgica), Guimarães (Portugal), Lahti (Finlândia), Ostrava (República Checa), Prato (Itália), Reykjavik (Islândia), Sevilha (Espanha), Tallinn (Estónia) e Wroclaw (Polónia).

No fundo, os Prémios «Capital Verde da Europa» 2020 e «Folha Verde da Europa» 2019 reconhecem cidades que estão a aumentar a fasquia em práticas ambientais urbanas. Ao todo, concorrem aos dois prémios 28 cidades de 21 países europeus. Este é o número mais elevado de candidatos na história das duas iniciativas.

Outro dado importante em relação a estes prémios é que a cidade de Santarém concorre ao Prémio «Folha Verde da Europa» 2019.

De acordo com um comunicado da Comissão Europeia sobre o assunto, “Um painel de doze especialistas independentes e internacionalmente aclamados começarão agora a avaliar tecnicamente cada candidatura. As cidades que passarem esta fase serão anunciadas em Abril (2018) e apresentarão a candidatura perante um júri internacional. Em Junho, uma cidade irá ser galardoada com o Prémio «Capital Verde da Europa» 2020 e até duas cidades mais pequenas com o Prémio «Folha Verde da Europa» 2019”.

A Comissão Europeia prevê lançar em Maio de 2018 outro grande evento focado em cidades verdes, a Semana Verde da União Europeia, que vai explorar as formas através das quais a UE está a ajudar as cidades a tornarem-se melhores sítios para viver e trabalhar.

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!