Início » Educação, Local, Sociedade » Junta de Freguesia promove alimentação biológica nas escolas dos Olivais

A Junta de Freguesia dos Olivais e a Associação Portuguesa de Agricultura Biológica – AGROBIO – assinaram, no dia 16 de Outubro, Dia Mundial da Alimentação, um protocolo de colaboração cujo objetivo fulcral é levar comida biológica aos estabelecimentos de ensino da freguesia.
No total, são sete escolas do ensino básico local que vão ter nas suas 1660 refeições diárias, alimentos biológicos e de época.
A escola Sarah Afonso foi o local escolhido para a apresentação deste projeto. Foi com atenção máxima que os alunos ouviram de António Lopes, engenheiro da AGROBIO, a importância da comida biológica e a razão pela qual devermos consumir estes produtos de acordo com a estação do ano.
Para o secretário de Estado, Miguel Freitas, este “é um projeto que certamente, este como outros, gostaria de ver replicados a nível nacional. Sendo que tenho a certeza que hoje não é possível fazê-lo em todas as escolas. Daí a importância que nós atribuímos ao facto deste projecto ter nascido numa Junta de Freguesia urbana”, disse.
Também José Sá Fernandes, vereador dos espaços verdes da Câmara Municipal de Lisboa, esteve presente e afirmou ser com um grande orgulho que assistiu a este protocolo que assume uma importância muito significativa para a cidade.
A ideia de levar comida biológica às escolas já existia há cerca de um ano e foi agora concretizado pela primeira vez, como disse o Presidente da AGROBIO, Jaime Ferreira, ao jornal Olivais. “Nós já tínhamos a ideia de haver uma escola que pudesse desenvolver um projeto-piloto de refeições escolares com produtos biológicos. Depois, foi o trabalho que conseguimos também através da própria Câmara Municipal, pois o Senhor Vice-Presidente, Duarte Cordeiro, incentivou-nos a estabelecer todo este trabalho com as juntas de freguesia e, no caso das refeições escolares, foi aqui que começamos”.
Jaime Ferreira falou ainda da importância deste projecto e da parceria com a Junta de Freguesia dos Olivais. “A ideia básica que nós queremos é que as crianças tenham melhores alimentos e uma alimentação de maior qualidade, mas, sobretudo, partindo do princípio que para isso é necessário ter alimentos de qualidade, sem isso é impossível. Portanto, aqui a ideia de poder fornecer produtos biológicos nas refeições escolares é que as crianças tenham os melhores alimentos possíveis que existam”, complementou.
Introduzir a alimentação biológica nas escolas pode ser um desafio, mas para a Rute Lima, Presidente da Junta de Freguesia dos Olivais, é um objectivo para ser cumprido. “A importância deste projeto é trazer para a vida das crianças e das famílias uma nova forma de ver a alimentação saudável, a saúde, o bem-estar e a forma como se encara e até se preserva o ambiente e a biodiversidade onde estão comtemplados todos os produtos que nós acabamos depois por comer. Portanto, esta é a grande realidade, é o grande desafio, digamos assim, que acaba por confluir numa orientação pedagógica que a Junta de Freguesia dos Olivais fomenta há já uma série de anos, que é as crianças terem um contacto direto com as questões relacionadas com a agricultura, com os frescos, com os legumes e com os vegetais”, disse a Presidente da Junta dos Olivais.
Para que os mais novos percebam melhor o que é e em que consiste a agricultura biológica, foram criadas práticas de incentivo para que a alimentação saudável seja feita dentro e fora da escola. “As crianças de todas as nossas escolas têm dentro dos seus recintos hortas urbanas que são elas que tratam, são elas que cultivam, são elas que regam, portanto, de uma forma biológica, de uma forma saudável. No fundo, é o culminar já de uma orientação educativa muito específica, que nós adotamos e também em cumplicidade e no âmbito da estratégia nacional para a produção e alimentação biológica”, acrescentou.
No final da apresentação do projeto e da assinatura do protocolo, os alunos e convidados fizeram a primeira refeição inaugural com os produtos biológicos.

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!