Início » Destaque, Dossier, Nacional » Implantação da República: cerimónia nos Paços do Concelho

Os Paços do Concelho acolheram as celebrações do aniversário da Implantação da República no dia 5 de Outubro.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o primeiro-ministro António Costa e o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, foram recebidos pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, para esta comemoração especial. Também participou na ocasião a presidente da Assembleia Municipal de Lisboa, Helena Roseta.

O momento mais solene ocorreu com o hastear da bandeira nacional na varanda do Salão Nobre dos Paços do Concelho, ao som do hino nacional tocado pela Banda da Guarda Nacional Republicana.

Foi naquele mesmo local que, no dia 5 de Outubro de 1910, José Relvas proclamou à multidão a implantação de uma República em Portugal, pondo fim ao regime monárquico.

Na sua intervenção, o chefe de Estado falou da importância de se fazer um balanço do último ano no que diz respeito à democracia em Portugal, levando os actores políticos a um “compromisso de futuro”. O Presidente da República também falou da virtude de uma convergência naquilo que é essencial, mas de uma salutar divergência naquilo que não é essencial, num discurso em que abordou diversas matérias e temas, de forma directa e indirecta, que têm afectado o país nos últimos tempos.

Quanto a Medina, o edil aproveitou a oportunidade para pedir que a Assembleia da República avance rapidamente com o processo de descentralização de competências, com “sentido de urgência” e “até ao final deste ano”.

O autarca manifestou a disponibilidade da Câmara de Lisboa para assumir novas responsabilidades em áreas como os transportes, a saúde, a educação, o património e as áreas ribeirinhas, procurando dar resposta adequada às necessidades existentes.

Após os discursos, foram audíveis na Praça do Município as vozes de algumas dezenas de professores em protesto.

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!