Local

Fábrica de medicamentos encerrada no dia da inauguração

A Câmara Municipal de Sintra procedeu ao encerramento de uma unidade de produção de medicamentos no próprio dia em que ia ser inaugurada. O motivo: falta de licença.

O insólito ocorreu no dia 31 de Outubro e impediu a inauguração com pompa e circunstância da unidade que resulta de um investimento de cerca de 30 milhões de euros do Laboratório Hikma Pharmaceuticals, cujos convidados tiveram de ficar à porta.

A fábrica de medicamentos estéreis injectáveis não tinha licença de utilização e, por isso mesmo, a fiscalização municipal não permitiu a inauguração. Além desse transtorno, a empresa responsável também incorreu num processo de contra-ordenação resultante da falta de licença. A coima prevista pode ir dos 1500 euros aos 250 mil euros.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close