Destaque

“Saudade de Pedra”, de Jorge Guerra

Até 29 de Junho, visite a exposição “Saudade de Pedra” de Jorge Guerra, patente no Arquivo Municipal de Lisboa.

São 100 fotografias a preto e branco realizadas no final de 1966 e princípio de 1967, numa curta passagem do autor por Lisboa, ele que o Arquivo Municipal de Lisboa considera em comunicado um “nome incontornável na história da fotografia portuguesa e canadiana”.

A partir desta quinta-feira, dia 4 de Abril, e até dia 29 de Junho, o público pode visitar no na Rua da Palma n.º 246 este conjunto de “imagens nostálgicas que reflectem uma sensibilidade humanista, que possibilitaram um reconhecimento e contextualização do seu trabalho ao nível nacional e internacional”.

A marcar igualmente na agenda é a conferência aberta ao público que terá lugar no dia 9 de Abril, pelas 18h30, e que contará com a presença do autor (tal como a inauguração). Neste dia será lançado o catálogo da referida exposição que conta com textos de Jorge Calado.

«É o povo que faz a fotografia de Jorge Guerra. A paisagem é humana, e a arquitectura, a das relações entre amigos, vizinhos ou transeuntes à solta. É fotografia de rua, mas sem carroças nem automóveis. A tónica está na forma como as pessoas se relacionam (ou não) umas com as outras. Há corpos solitários, mas também encontros e desencontros fortuitos, mendigos, vendedeiras e transacções ambulantes. Nos jardins e miradouros, acumulam-se os velhos reformados à espera que o tempo corra.»

Excerto do texto Corpos Urbanos de Jorge Calado

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close