Destaque

Pavilhão da FIL já não é centro de vacinação

O maior centro de vacinação conta a Covi-19 do país, a funcionar no Pavilhão da FIL, fecha portas esta Segunda-feira, dia 7 de Março. Lisboa conta agora com três centros, de menores dimensões, no Pavilhão Desportivo da Ajuda, no Templo Hindu e nos serviços sociais da Câmara Municipal.

No dia 4 de Março o presidente da CML, Carlos Moedas, visitou o espaço que durante os últimos três meses assegurou a vacinação a 325 mil cidadãos para agradecer pessoalmente aos profissionais de saúde que ali estiveram a servir a população.

Carlos Moedas justifica o fecho do Pavilhão da Fil afirmando que estamos “a caminhar para a endemia e neste momento já não fazia sentido ter aqui este centro”. Os centros que permanecem abertos têm capacidade para vacinar cerca de 2.500 pessoas por dia e localizam-se em pontos estratégicos da cidade, a saber:

Pavilhão da Ajuda – Calçada da Tapada, freguesia da Ajuda. Funciona de Quarta a Sexta-feira das 9h00 às 16h00 e aos Sábados das 9h00 às 13h00;

Templo Hindu – Avenida Mahatma Gandhi, freguesia do Lumiar. Funciona de Segunda a Sexta-feira, das 9h00 às 16h00 e aos Sábados das 9h00 às 13h00;

Serviços Sociais da CML – Avenida Afonso Costa, 41, freguesia do Areeiro. Funciona de Quarta a Sábado, das 9h00 às 16h00 e aos Domingos das 9h00 às 13h00.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Close
Close