Local

Parque Eduardo VII com energia… discreta

resized_edpÉ um equipamento que passa despercebido, de tal maneira se integra no espaço envolvente. Mas alimenta com energia eléctrica todo o recinto e permite dispensar geradores ou postos de transformação móveis.

É a obra da EDP Distribuição que fica depois da Feira do Livro de Lisboa encerrar as portas no dia 14 de Junho: um posto de transformação compacto, com uma arquitectura mais harmonizada com a zona envolvente, pensado para melhor servir o Parque Eduardo VII, em consonância com os critérios do Município para a instalação de equipamentos nos espaços verdes.

Além do posto de transformação que tem alimentado os 19 locais de consumo correntemente a funcionar na Feira do Livro, a EDP Distribuição instalou 1000 metros de cabos de baixa tensão, 140 metros de cabos de média tensão e cinco armários de distribuição.

Sai a Feira… mas a energia fica!

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close