Local

Museu de Lisboa dá a conhecer património industrial da cidade

De 24 e 27 de Novembro, o Museu de Lisboa assinala a Semana da Cultura Científica com uma oportunidade única para visitar a Fábrica de Moagem da Manutenção Militar e descobrir um dos testemunhos mais singulares do património industrial da cidade.

Durante a Semana da Cultura Científica, celebrada no âmbito do Dia Nacional da Cultura Científica, celebrado a 24 de Novembro, o Museu de Lisboa olha para a transformação industrial que moldou a paisagem da cidade no final do século XIX, estendendo-a para oriente.

Procurando refletir sobre uma época de alterações económicas, sociais e urbanísticas, em parte impulsionadas pelo desenvolvimento industrial, o Museu promove um programa composto por visitas orientadas, nos dias: 24 às 16h00, 26 às 15h00 e 27 às 11h00, e por um percurso, no dia 26, às 11h00.

Enquanto o percurso “Lisboa das chaminés” salienta as principais transformações arquitectónicas e urbanísticas no território entre Santa Apolónia e o Beato, onde uma prolífera actividade industrial se desenrolava entre o caminho-de-ferro e o rio, a visita “Cheira a farinha a oriente de Lisboa” chama a atenção dos participantes para a evolução tecnológica impulsionada pela industrialização, algo particularmente evidente na Fábrica de Moagem do complexo fabril da Manutenção Militar.

Ambas as actividades irão ainda incidir sobre o quotidiano da classe operária, sobre os seus costumes e dinâmicas neste contexto fabril, bem como as iniciativas de protecção social então levadas a cabo pelos proprietários das indústrias que aqui se instalaram.

Unindo o passado ao presente, o programa proposto pelo Museu destaca uma zona que, no final do século XIX, foi o epicentro da industrialização, um território então povoado por fábricas e vilas operárias, para ser nos dias hoje revisitado e reinterpretado, tornando-se num dos mais recentes bairros em ebulição em Lisboa, onde as fábricas deram lugar a bares, lojas, espaços culturais e apartamentos.

O Percurso “Lisboa das chaminés” está vocacionado para maiores de 12 anos, tem uma duração de 180 minutos e o valor da participação é de cinco euros.

A visita “Cheira a farinha a oriente de Lisboa” é dedicada às famílias e podem participar maiores de 8 anos. A duração desta actividade ronda os 90 minutos e o valor da participação é de três euros.

Os bilhetes podem ser adquiridos na Blueticket

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close