Dossier

Militares abandonam submarino Tridente

O submarino Tridente irá assentar no fundo da Base Naval de Lisboa, no Alfeite, na próxima quinta-feira, dia 17 de Setembro, de onde oito militares, submarinistas, treinados e clinicamente examinados irão abandonar, um por um, o interior do submarino até à superfície, este será o primeiro exercício nacional da série ESCAPEX, realizado pela Marinha.

Este exercício enquadra-se no risco associado à operação dos submarinos, além do treino rigoroso das guarnições e da sua manutenção técnica cuidada. Os países que operam submarinos realizam treinos de busca de submarinos acidentados e de resgate e salvamento dos seus militares.

A operação de submarinos é por si só uma actividade de elevado risco por se efectuar num meio hostil onde está sempre presente o maior dos perigos que é a pressão hidrostática. A história recente demonstrou-nos que esse perigo é real, como atestam os casos dos malogrados submarinos Kursk e San Juan em que faleceram todos os membros das suas guarnições.

O NRP Tridente irá assentar no fundo na bacia de manobra da Base e assim, em ambiente real e controlado, e reunidas todas as condições de segurança e médicas, os oito militares treinados e clinicamente examinados abandonam um por um o interior do submarino até à superfície.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close