Reportagem

Jantar e Noite de Fados para celebrar a Mulher

Para assinalar da melhor maneira o Dia da Mulher, a AMBA – Associação de Moradores do Bairro das Amendoeiras e o Clube Lisboa Amigos do Fado (CLAF) organizaram um jantar e noite de fados que ficará na memória de todos os participantes.

Do ambiente familiar à boa disposição de todos os fadistas e músicos, passando pelas gargalhadas cúmplices e fáceis no momento das quadras à desgarrada (bem atrevidas, como devem ser), esta noite foi absolutamente memorável.

O CLAF está habituadíssimo a ter fadistas a entrar e a sair, a cantar e a aplaudir, mas não é todas as noites que se homenageia a mulher. O tema esteve omnipresente nos fados escolhidos pelos convidados e convidadas, uns a dedicá-los à mãe, outros à esposa, outros a todas as mulheres do mundo!

Com José Manuel Castro na guitarra portuguesa e Vítor Tiago na viola de fado, os fadistas entretiveram a audiência e interagiram sempre com ela, até que António Costa (não o primeiro-ministro, que não sabemos como canta) distribuiu quadras pelas mesas para tornar o público protagonista.

Cada um cantou como soube, com a voz que Deus lhe deu, e a mais não foi obrigado. Tudo terminou com um copo de espumante e um bolinho, para tirar a pimenta da língua.

O fado segue dentro de momentos, já que tem lugar marcado no CLAF todos os domingos à tarde. Quanto à promoção permanente da dignidade da mulher e à plena igualdade de género, esperamos que não tarde muito.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close