Início » Cultura, Local, Outras » “Horizonte à Vista” combate o estigma da deficiência

A exposição “Horizonte à Vista” da Fundação AFID Diferença regressa ao Museu do Oriente para permanecer aberta ao público até 17 de Junho.

A mostra é inspirada nas descobertas dos portugueses a caminho da Ásia e na coragem dos navegadores e estará patente no Museu do Oriente até 17 de Junho.

Conforme destaca a AFID – Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoa com Deficiência, “«Horizonte à Vista» é a metáfora certa para aqueles que vivem contra os perigos reais, dificuldades, frustrações, estigmas e preconceitos das pessoas com deficiência. É este mesmo horizonte que conduz os artistas da Fundação AFID Diferença no seu trabalho diário, no processo de observar, de se darem a conhecer e afirmarem um papel social activo através da prática artística, vencendo a separação que tantas vezes é inerente à deficiência”.

A exposição de obras produzidas nas oficinas artísticas da Fundação AFID Diferença chega no momento em que se assinalam dois anos desde a última parceria da AFID com o Museu Oriente e inclui trabalhos feitos em grattage – desenhos riscados numa película de tinta da china, deixando à vista a camada de cores subjacente – e de cadavre exquis – desenhos colectivos onde predomina a cor sobre os traços orientadores em tinta da china e onde é possível ter um vislumbre da mente destes artistas.

A exposição artística “Horizonte à Vista” é inaugurada esta quinta-feira, dia 7 de Junho, pelas 18h30, e ficará patente até 17 de Junho no Museu do Oriente.

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!