Destaque

Edição de Julho do EXPRESSO do Oriente

Já está disponível a edição do EXPRESSO do Oriente que lhe conta tudo o que as freguesias estão a fazer pelas férias da miudagem. Praia, campo, cinema, visitas culturais, idas ao banco… espera lá, idas ao banco? Sim, idas ao banco e por acaso ao mais importante de todos: O Banco de Portugal. Saiba tudo nas páginas centrais.

Depois, volte à página dois para ficar a saber que encontra em Lisboa um conjunto de iniciativas a não perder, e até pode ir de táxi porque paga o mesmo!

Nós vamos aceitar a proposta da CML e, a pedalar, damos um saltinho ao Estoril para visitar o 40.º Salão Internacional de Pintura Naïf.

Voltamos e estacionamos na Penha de França para apreciar um dos 82 petiscos a concurso no Penha à Mesa. Pomos tudo em pratos limpos e ficamos ainda a saber que a solidariedade por aquelas bandas já entregou 6000 refeições, no âmbito da resposta social da freguesia.

E se o alimento do corpo passa pelo petisco, o da alma passa pela cultura, por isso, para completar a refeição, fomos até Marvila espreitar a exposição de fotografia. Bom… não foi bem “ir”… foi mais visitar “ir” visitar o site, que é a galeria onde está exposta a mostra. Vá lá também! Siga as coordenadas: www.jf-marvila.pt.

Passámos ainda por S. Vicente só para nos certificarmos que as atividades estavam a andar sobre rodas. E estavam!

Ainda arranjamos um tempinho para provar as iguarias gastronómicas dos restaurantes dos casinos Lisboa e Estoril. Confere! São irrepreensíveis tanto na qualidade como na higiene. Não podemos esquecer que têm todos os selos de qualidade possíveis para os tempos que atravessamos.

Damos ainda conta de que as obras no Metro de Arroios estão a um passo de serem classificadas como as novas “obras de Santa Engrácia”, tal é a demora na sua conclusão e a repercussão que isso tem na vida dos moradores e lojistas da zona.

Dedicamos uma página às brincadeiras que rodam pela internet e mostramos o que está em destaque nas 24 freguesias lisboetas.

Para finalizar, lembramos que o futuro tem duas rodas, mas isso já é com a Câmara de Lisboa que, fique a saber, comparticipa na compra de bicicletas.

Tem tudo isto e muito mais para ler aqui.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close