Local

AMARELO leva alunos à escola

Começa no dia 12 de Janeiro, em seis escolas da cidade de Lisboa, o projecto-piloto AMARELO, que visa promover a utilização dos transportes públicos nas deslocações dos alunos para a escola, de modo a criar hábitos mais sustentáveis nas novas gerações e a inverter a tendência de utilização do transporte individual.

As escolas envolvidas no AMARELO são a EB Parque Silva Porto, EB Jorge Barradas, EB Arquitecto Ribeiro Telles e EB Pedro de Santarém, em Benfica. Também integram o projecto a Escola Secundária José Gomes Ferreira e a EB 2/3 da Quinta de Marrocos, contudo não têm monitores a bordo nos autocarros.

Promovido pela Câmara Municipal de Lisboa e pela Carris, com o apoio das Juntas de Freguesia, o projecto “pretende dar mais autonomia aos alunos, mais tempo aos pais, criar caminhos seguros para a escola, melhorar a qualidade do ar e garantir uma melhor mobilidade na cidade”, afirma o vice-presidente da Câmara de Lisboa, Filipe Anacoreta Correia, responsável pelo pelouro da Mobilidade.

A iniciativa pretende ainda dar a conhecer as linhas de autocarro que servem as escolas nos horários de entrada e garantir um serviço de monitores a bordo, em carreiras selecionadas. O serviço de monitores é apenas dirigido aos alunos dos 1.º e 2.ª ciclos de ensino.

O AMARELO, integrado nas acções do programa da mobilidade escolar, “está alinhado com a prioridade da Autarquia na promoção do uso do transporte público nas deslocações na cidade”, sublinha Filipe Anacoreta Correia.

E como funciona o AMARELO? São identificados as linhas e horários dos autocarros da rede da Carris que servem as escolas abrangidas pelo piloto. Em algumas linhas existirá um serviço de acompanhamento por monitores dentro do autocarro e no percurso até à escola – o aluno deverá inscrever-se no serviço com a paragem e hora de entrada no autocarro da Carris (apenas nos que têm esse serviço e em horários de entrada na escola) e deverá estar na paragem à hora da passagem do autocarro. A partir desse momento, será entregue ao monitor responsável que o irá levar à escola. O aluno tem de ter passe válido e deverá registá-lo sempre que realiza a viagem.

O AMARELO já está a funcionar na EB Paulino Montez, na freguesia dos Olivais, desde Novembro passado e brevemente estará ao serviço da EB 2/3 de Telheiras, no Lumiar e da Escola Básica e Secundária Luís António Verney, no Beato.

Conheça os pormenores AQUI.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close