Local

Começaram as obras no Hub Criativo do Beato

As obras no Hub Criativo do Beato começaram esta semana, com os trabalhos a incidirem sobre as infraestruturas. O primeiro edifício deverá estar concluído no segundo semestre de 2020, já com atraso significativo em relação ao que chegou a estar previsto.

Em declarações à imprensa, Miguel Fontes, director da responsável pelo projecto, a Startup Lisboa, explicou que em curso estão as obras para as novas redes de água, esgotos, abastecimento de energia eléctrica, gás, telecomunicações, tratamento de resíduos, iluminação e zonas verdes.

O primeiro edifício a ficar pronto será também o maior do recinto de 35 mil metros quadrados. Esse edifício tem 11 mil metros quadrados de área e será gerido pela incubadora Factory. Depois deste, ficarão prontos outros edifícios de serviços e restauração.

As obras estão a cargo da Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU) e incluem o prolongamento da Rua da Manutenção até à Av. Infante D. Henrique, criando um novo acesso ao hub, em princípio concluído antes do fim do mês de Março.

O Hub Criativo do Beato deveria ter recebido os primeiros inquilinos ainda em 2018, mas todo o processo está atrasado. Para Miguel Fontes, tal não é importante, porque são consequências naturais de um projecto com este tipo de conceito. De resto, sabe-se que já há interessados para quatro edifícios cuja construção só começa mais tarde (e que ficarão prontos só depois de 2021), mas os seus nomes ainda não foram tornados públicos. Citando José Mota Leal, gestor de projecto do hub, o jornal Público refere que as obras para construir os edifícios de serviços e restauração, entregues a uma empresa de nome Praça, e a reabilitação da antiga central eléctrica do complexo fabril, a cargo do Super Bock Group, começam nas próximas semanas.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Close
Close