CulturaLocalOutras

Metro acolhe exposição do Museu Calouste Gulbenkian

Uma parceria com o Museu Calouste Gulbenkian vai permitir ao Metro de Lisboa exibir algumas das obras mais emblemáticas das colecções do Museu, entre este mês e Fevereiro de 2019.

No âmbito do seu 70.º aniversário, que se assinala ao longo deste ano de 2018, o Metropolitano de Lisboa, em parceria com o Museu Calouste Gulbenkian, apresenta uma exposição que pretende dar a conhecer algumas das obras mais emblemáticas das colecções do Museu Calouste Gulbenkian.

As exposições patentes nas estações do Metro de Lisboa apresentam diversas reproduções de obras de autores como Lalique, Renoir, Amadeo de Souza-Cardoso ou José de Almada Negreiros, convidando os portugueses e turistas a (re)visitar um dos mais emblemáticos museus de arte contemporânea de Portugal, aberto 365 dias por ano e com cerca de meio milhão de visitantes diários.

Até Fevereiro de 2019, esta exposição estará presente nas estações Baixa-Chiado, Aeroporto, Oriente e Terreiro do Paço nas seguintes datas:

  • de 18 de Junho a 20 de Agosto na Baixa-Chiado;
  • de 20 de Agosto a 18 de Outubro no Aeroporto;
  • de 18 de Outubro a 18 de Dezembro no Terreiro do Paço;
  • de 18 de Dezembro a 18 de Fevereiro no Oriente.

Na estação Saldanha (linha vermelha) há uma intervenção artística dedicada a José de Almada Negreiros, um dos autores desta exposição.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close