Reportagem

Bolsa para apoiar jovens jornalistas

Decorrem, até 8 de Outubro, as candidaturas à Bolsa Gerador Ciência Viva para jovens jornalistas. Esta iniciativa pretende criar condições para que os jovens até aos 35 anos de idade, formados ou ainda em formação, possam produzir reportagens de investigação.

Desde Janeiro de 2021 que o Gerador tem criado condições para a concretização de reportagens de investigação, com a atribuição de duas bolsas a projectos apresentados por jovens jornalistas, com o importante contributo da Ciência Viva, a entidade fundamental para a promoção da cultura científica e tecnológica em Portugal.

Os interessados poderão apresentar os seus projectos para a actual bolsa até 8 de Outubro, privilegiando-se as propostas que incidam numa das seis áreas de intervenção editorial prioritária: sociedade, cultura, ambiente e sustentabilidade, interior do país, juventude e ciência.

As candidaturas abriram esta Segunda-feira, dia 13 de Setembro, e todos os jovens cidadãos nacionais ou estrangeiros residentes em Portugal podem concorrer com propostas a título individual e escritas em português. O prémio por bolsa será de 2.250 euros, composto por 1.500 euros para a reportagem e 750 euros de prémio monetário a entregar ao jornalista. A reportagem vencedora desta edição das bolsas será publicada na Revista Gerador de Fevereiro de 2022 e nos meios digitais do Gerador.

A Bolsa Gerador Ciência Viva para jovens jornalistas abrirá uma nova candidatura em novembro deste ano. Em 2022 haverá edições em fevereiro, maio, setembro e novembro.

O Gerador é uma plataforma independente de jornalismo, cultura e educação.

Mais informações em www.gerador.eu

A Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica é uma entidade privada sem fins lucrativos que tem como missão promover uma cidadania activa apoiada no conhecimento científico. Foi criada há 25 anos pelo Ministério da Ciência e da Tecnologia, trabalhando desde então em estreita articulação com a comunidade científica, estabelecimentos de ensino, líderes políticos, empresariais e culturais. Gere uma rede nacional de 21 Centros Ciência Viva, que alimenta um movimento social em prol da ciência e da cultura científica envolvendo investigadores e cidadãos, alunos e professores, jovens e adultos.

Mais informações em www.cienciaviva.pt

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Close
Close