DossierLocalOutras

Segunda Circular é a estrada mais perigosa de Lisboa

De acordo com a Prevenção Rodoviária Portuguesa, a Segunda Circular é a estrada mais perigosa de Lisboa. Seguem-se o Eixo Norte-Sul e a Av. Infante D. Henrique.

A Segunda Circular surge destacada no topo da lista de 10 “pontos negros” da cidade em termos de sinistralidade rodoviária, com 838 acidentes com vítimas, 25 delas feridos graves e mais de 1000 feridos leves, e 12 mortos registados num período de seis anos (2010-2016).

Logo a seguir, surge o Eixo Norte-Sul, com 752 acidentes com vítimas e sete mortos no mesmo período, seguido da Av. Infante D. Henrique, que registou 443 acidentes e cinco mortos.

Entre as principais causas para os elevados números da sinistralidade rodoviária nestas vias, contam-se o excesso de velocidade dos automobilistas, a elevada concentração de veículos (100 mil/dia na Segunda Circular), o grande número de entradas e saídas e a falta de cuidado dos peões ao atravessar em zonas proibidas.

Na lista do top 10 da sinistralidade em Lisboa e arredores estão ainda a A5, a saída da Ponte 25 de Abril para a A2, a Avenida 24 de Julho, a Avenida da República, a Avenida do Campo Grande, a Avenida de Berlim e a Avenida da Índia.

A PRP – Prevenção Rodoviária Portuguesa, é uma associação sem fins lucrativos e de utilidade pública que se dedica à sensibilização para o princípio que lhe dá o nome.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close