CulturaDossierLocal

Exposição de Ricardo Paula no MAC

O MAC – Movimento Arte Contemporânea inaugura no dia 8 de Novembro a exposição de pintura “E se um Gesto Contiver a Alma Toda”, do artista Ricardo Paula.

“A arte de Ricardo Paula constitui um elo entre a pureza do traço e a beleza das formas. É algo não só peculiar, mas também, até mesmo magnífico, uma visão toda nova e toda sua a engrandecer e a enriquecer o nosso olhar e a maneira de melhor nos entrosarmos e percebermos através desta postura as coisas e o universo em que vivemos”.

Assim começa por descrever Álvaro Lobato de Faria, director coordenador do Movimento Arte Contemporânea, antecipando a exposição de pintura que estará patente nas instalações do MAC na Av. Álvares Cabral (n.º 58-60), de 9 de Novembro a 7 de Dezembro.

“É como poesia, na sua totalidade fascinante e paradoxal, que as imagens de Ricardo Paula devem ser entendidas e interpretadas. São sonhos que conhecemos sem os ter sonhado, sugestões de fantasia, testemunhos imaginados, como que um sussurrar de segredos, fruto da sua força plástica e do uso sábio da neutralidade da cor. Sente-se também que os seus quadros são secretos, mas não se fecham ao mundo; são secretos como espelhos que nos fingem e vão olhando, plena de impulsos controlados, palpitante e de tão grande realismo, que muito nos sensibiliza”.

Para espreitar entre 9 de Novembro e 7 de Dezembro, de segunda a sábado, entre as 15h e as 20h. A inauguração acontece a 8 de Novembro, pelas 18h30.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close