Dossier

Exposição “4 Olhos / 4 Odju” em Chelas

Um grupo de artistas da freguesia de Marvila juntaram-se para promoverem uma instalação de vídeo e som e um mural de arte urbana no Parque da Bela Vista. A exposição faz parte da iniciativa do Centro de Arte Moderna (CAM) da Gulbenkian que leva a arte para “fora de portas”, durante o tempo em que procedem a obras de remodelação.

A programação do CAM será lançada em diferentes fases e conta com várias surpresas, desde intervenções em comboios até projectos criados de raiz para contentores marítimos instalados em diferentes locais da cidade, como este do Parque da Bela Vista.

António-Pedro é o artista que foi convidado para a criar um projecto de arte participativa no âmbito da programação CAM em Movimento, a ele juntaram-se outros artistas e moradores do bairro de Chelas que agora apresentam “4 OLHOS/ 4 ODJU”, o título com uma ligação entre o português o crioulo cabo-verdiano que quer mostrar também a diversidade cultural existente neste bairro lisboeta.

«Num contentor marítimo preparado e pousado nos Estados Unidos de Chelas cruzam-se vidas e olhares: de quem é de fora com quem é de dentro, de quem é da zona J com quem é da zona M, de quem é negro com quem não é, de quem quer partir com quem quer ficar. Códigos secretos, sonhos megalómanos, memórias partilhadas, lutas várias. Caminhos íngremes entre a solidão de cada um e o aconchego desta comunidade de comunidades.»

A instalação é visível do exterior do contentor através de pequenos orifícios, que se assemelham aos primeiros aparelhos de fruição cinematográfica. Com este projeto, pretende-se «cruzar o olhar de quem não vai ao CAM, com o olhar de quem não vai ao Bairro».

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close