Início » Cultura, Destaque, Dossier, Local » Documentário “Nôs Retrato” para preservar memórias

Este sábado, 14 de Julho, a companhia Lugar Comum e as oficinas do BIP/ZIP “Nôs Retrato” vão apresentar o documentário “Nôs Retrato, o nosso bairro na memória de todos”, na Praceta da Rua Maria Margarida, no Bairro da Cruz Vermelha.

O projecto BIP/ZIP “Nôs Retrato” tem como objectivo criar um registo da memória dos moradores do Bairro da Cruz Vermelha, que vão ser realojados noutra freguesia.

Isso mesmo nos explica a Lugar Comum, que com a Junta de Freguesia do Lumiar sentiu a “necessidade de dar a conhecer e de não deixar esquecer a forma de viver do próprio bairro”.

Rafael Barreto, director artístico da Lugar Comum, refere que o Nôs Retrato surgiu de “uma grande necessidade de deixar algo físico – fotografias, vídeos, um livro – onde o Bairro da Cruz Vermelha ficasse para sempre lembrado, visto que não havia material suficiente para as pessoas no futuro saberem como é que se vivia ali, quem é que morava ali”. O projecto pretende também criar uma ligação entre os moradores e a sua futura freguesia.

Cada retrato visa mostrar a vida de alguns moradores e a forma como o bairro a afectou no passado, bem como as histórias da sua infância, da sua vinda do continente africano para Portugal, da sua relação com o bairro, do seu percurso no país e das suas perspectivas futuras, principalmente no que diz respeito ao realojamento. Rafael Barreto afirma que, com este projecto, “o bairro há de ser demolido, aquelas pessoas hão de ser realojadas – dentro ou fora da freguesia – mas nunca mais ninguém há de esquecer o Bairro da Cruz Vermelha”.

O projeto culmina com a apresentação do documentário, no dia 14 de Julho. As actividades começam às 17h30, com a exposição de fotografia de André Sousa. Às 19h, as oficinas do projecto Nôs Retrato participam numa performance de rua e às 20h30 há um jantar partilhado com a comunidade. A estreia do documentário acontece às 21h45. A entrada é livre.

Este projecto foi desenvolvido pela companhia Lugar Comum e pela Junta de Freguesia do Lumiar, em parceria com a associação Raízes e com a associação de moradores do bairro do Per11.

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!