Desporto

Portugal no Europeu de Footgolf, na Hungria

A Selecção Nacional de FootGolf esteve presente no Europeu da modalidade que se realizou em Bük, Hungria, entre os dias 30 de Setembro e 3 de Outubro.

Num Europeu com 16 equipas, Portugal integrou o Grupo C juntamente com a Eslováquia, Hungria e Luxemburgo, com a ambição de passar aos quartos-de-final e, até, ir mais além… no entanto, duas derrotas, uma com a equipa da Hungria e outra com a da Eslováquia, apesar de uma vitória sobre o Luxemburgo, não permitiram que a seleção chegasse ao resultado ambicionado, continuando em prova para disputar a nona posição. Mesmo com duas vitórias frente à Irlanda e à Bélgica, a derrota com a Espanha fez com que Portugal não conseguisse mais do que a 13ª posição.

Agora com mais um campeonato no curriculum, o próximo resultado vai correr, certamente, bem melhor.

Na final, o Reino Unido venceu a França por 3-2 revalidando o título de campeão Europeu.

A comitiva portuguesa integrou 20 atletas, entre os quais Pedro Carvalho e Paulo Nunes, que pertencem à equipa olivalense FC Estrelas Lisboa.

Ainda durante o mês de Outubro, dias 16 e 17, decorre a Taça de Portugal, no campo Montebelo Golfe, em Viseu, e em Novembro a Federação Portuguesa de FootGolf realiza o Open de Portugal, em Castro Marim, com mais de 300 jogadores a competir para a grande final do circuito Europeu.

Afinal o que é isso do Footgolf?

Não é futebol mas também não é golfe… é um pouco de futebol e um pouco de golfe! Confuso? Não. É apenas um jogo em tudo semelhante ao golfe mas em que não há taco nem bola de golfe… Joga-se basicamente com as mesmas regras do golfe mas usa-se uma bola de futebol e os pezinhos a servir de taco. Sai mais barato (digo eu!) e é capaz de ser bem mais divertido. A fatiota é igualmente catita!

De resto, tal como no golfe tradicional, a bola é também para acertar no buraco, e são 18, o objectivo é acertar nos dezoito buracos com o menor número de chutos possível. Veja AQUI o vídeo que vai gostar!

Embora os atletas federados não cheguem às duas centenas, a verdade é que há meio milhar de praticantes na área da grande Lisboa que o fazem apenas por lazer porque o Footgolf é muito mais do que meter bolas em buracos. Footgolf é desporto puro, desenvolve a perícia, estimula o companheirismo, enaltece o carácter, promove o contacto com a natureza, contribui inequivocamente para a manutenção da boa forma física e do equilíbrio emocional.

A Federação Portuguesa de Footgolf conta já com 262 sócios efectivos e tem também sete campos homologados para as competições nas localidades de Torres Vedras, Santo Estevão, Samora Correia, Viseu, Amarante, Castro Marim e Carvoeiro. Tem ainda mais três recintos para iniciação ou treino em Almada, Ourém e Lisboa.

Visite o site da Federação Portuguesa de Footgolf.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close