Início » Cultura, Destaque, Dossier » “O Escândalo de Philippe Dussaert”

O actor brasileiro Marcos Caruso sobe ao palco do Auditório dos Oceanos para protagonizar a comédia mais premiada no Brasil em 2017: “O Escândalo de Philippe Dussaert”, de 7 a 25 de Fevereiro.

Nascido em São Paulo em 1952, Marcos Caruso construiu, desde muito jovem, uma versátil carreira artística, distinguindo-se ao longo dos anos como director, autor e actor. Com notáveis participações em numerosas telenovelas, Marcos Caruso conquistou, mais recentemente, o público brasileiro com “O Escândalo de Philippe Dussaert”, um monólogo que estreia, agora, no Casino Lisboa.

“O Escândalo de Philippe Dussaert” é um texto que investiga com muito humor os limites da arte contemporânea e as polémicas à volta deste tema. Nesta peça, o autor usa a figura de um pintor contemporâneo para fazer uma reflexão sobre o que é, e o que não é, a arte – o tema é terreno fértil para infindáveis controvérsias, polémicas e situações hilariantes.

Nesta comédia, vencedora dos principais prémios nas categorias de “Melhor Actor” e “Melhor Espectáculo” no Brasil durante o ano de 2017, Marcos Caruso veste a pele de um conferencista que divide com o público a investigação do escândalo que envolveu o pintor francês.

Na história, as obras do pintor, após a sua morte, vão a leilão avaliados por uma fortuna, deixando o Estado numa delicada relação com o dinheiro público e despertando a plateia para a discussão sobre se o que Dussaert fez é de facto arte e digno de nota, ou não.

Ficha Artística: Interpretação: Marcos Caruso, Texto: Jacques Mougenot, Direcção: Fernando Philbert.

Os espectáculos deste ciclo de representações decorrem de quarta-feira a sábado, às 21h30, enquanto aos
domingos estão agendados para as 17 horas.

M/12.
Bilhetes à venda: www.ticketline.pt
Informações e reservas: Info & Reservas ligue 1820 (24h).

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!