DossierLocalNacional

Lisboa Aberta

resized_lisboa abertaA Câmara Municipal de Lisboa criou um novo portal de dados abertos, que recebeu o nome de “Lisboa Aberta”.

O portal já está online (no endereço dados.cm.lisboa.pt) e disponibiliza informação que abrange um conjunto significativo de áreas: transportes, serviços, cultura, dados estatísticos…

Envolve empresas como a Fertagus, a Administração do Porto de Lisboa, a ANA, a MEO, a EDP, a Associação de Turismo de Lisboa, o Instituto Nacional de Estatística, a EPAL, os Transportes de Lisboa ou a EMEL. Todos estes parceiros estiveram presentes na cerimónia de apresentação que decorreu nos Paços do Concelho.

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, apresentou uma ferramenta que pretende “melhorar as condições de vida na cidade. Para o edil, trata-se de “uma nova fase do desenvolvimento da nossa cidade”, um “passo de gigante” que transmite uma “nova atitude das organizações envolvidas”. Fernando Medina referiu também a necessidade de aproveitar a dinâmica criada pela Web Summit 2016 para o desenvolvimento de soluções para os problemas concretos que afectam a vida das pessoas.

O vereador com o pelouro dos Sistemas de Informação, Jorge Máximo, distingue três objectivos: aumentar a participação e o envolvimento dos cidadãos, promover a capacitação e a inclusão digital, estimular a partilha de dados e a inovação aberta. O vereador evocou outros projectos municipais como o Orçamento Participativo ou a rede de centros de cidadania digital, identificando a importância de “incentivar a eficiência na utilização de recursos em cidades que se querem mais sustentáveis e inteligentes”.

A nova plataforma surge numa altura em que a cidade de Lisboa se prepara para receber a Web Summit, que decorre em Novembro.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close