CulturaLocal

Júri anula atribuição do Prémio Literário Agustina Bessa-Luís

Por ter concluído haver violação do Regulamento do Prémio Revelação Agustina Bessa-Luís, o júri presidido por Guilherme D`Oliveira Martins deliberou a anulação da atribuição do prémio.

A decisão de anular a atribuição do Prémio Literário, que já vai na sua 9.ª edição, foi tomada por unanimidade do júri, em virtude de a autora ter já uma obra publicada numa editora portuguesa “de teor romanesco”.

A decisão justifica-se pelo facto de ter sido violado o artigo 1.º do Regulamento do Prémio, onde se estabelece que o mesmo pretende “distinguir, anualmente, um romance inédito de autor português sem qualquer obra publicada no género”.

Recorde-se que o Júri, além de Guilherme D`Oliveira Martins, que presidiu, em representação do CNC – Centro Nacional de Cultura, integrou José Manuel Mendes, pela Associação Portuguesa de Escritores; Maria Carlos Gil Loureiro, pela Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas; Manuel Frias Martins, pela Associação Portuguesa dos Críticos Literários; e, ainda, Maria Alzira Seixo e Liberto Cruz, convidados a título individual e Nuno Lima de Carvalho e Dinis de Abreu, em representação da Estoril Sol.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close