Início » Dossier, Local, Nacional, Outras » Girafa morre no Jardim Zoológico devido à acção de visitante

Uma girafa-de-Angola morreu no Jardim Zoológico de Lisboa esta semana, depois de ser atraída para o fosso por um visitante que a queria alimentar.

Esta infelicidade aconteceu apesar de ser expressamente proibido dar de comer aos animais do Jardim Zoológico, aviso que está bem visível em vários pontos do equipamento.

O animal caiu no fosso que separa o espaço destinado aos animais do dos visitantes e acabou por não resistir à queda, resultando num colapso cardio-respiratório.

A girafa-de-Angola, uma espécie considerada “vulnerável” pela União Internacional para a Conservação da Natureza, tinha 11 anos e tinha dado à luz uma cria que agora fica órfã aos seis meses de idade. O Zoo de Lisboa tinha anunciado o nascimento da cria em Fevereiro, divulgando o vídeo desse momento, conforme publicámos na nossa edição online neste endereço.

De acordo com o que tem sido difundido pela comunicação social, esta espécie só está presente na Europa em jardins zoológicos de Dortmund e Utrecht (Alemanha e Holanda), além de Lisboa.

Para o Jardim Zoológico de Lisboa, trata-se de uma “perda incalculável”; o Zoo recorda que existem avisos dispersos pelas instalações, bilheteiras, folhetos e vídeos de apresentação de regras do parque, onde está bem patente a proibição de alimentar os animais. Contudo, muitos visitantes continuam a infringir as regras.

O autor do incidente foi identificado pela PSP.

Resta esperar que a ampla difusão deste caso possa servir como lição para que este tipo de comportamentos se altere no futuro!

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!