Sociedade

Duas centenas de tocadores de concertina em Marvila

A Casa do Concelho dos Arcos de Valdevez organizou a 27 de Janeiro o XIV Encontro de Concertinas e mais uma vez reuniu uma multidão num pavilhão que já vai sendo pequeno para tamanha festa.

A concentração de pessoas à entrada do Salão de Festas do Vale Fundão, as filas de automóveis estacionados nas redondezas, mas acima de tudo a música que emanava de mais de uma dezena de instrumentos a tocar em uníssono denunciavam a festa que ia lá dentro, mesmo se ainda estivéssemos a umas centenas de metros.

É sempre assim e desta vez não foi diferente: os tocadores iam dedilhando debaixo da pala do Salão de Festas e duas dezenas de pessoas assistiam, de telemóveis em punho, a registar ao segundo aquela festa dentro da festa.

E se lá fora já havia muita gente, lá dentro caberiam poucos mais! Conforme nos expressou Joaquim Brito, simultaneamente responsável pela Casa dos Arcos e vogal da Cultura da Junta de Freguesia de Marvila, as duas entidades na organização do encontro: “Este Salão de Festas já é pequeno para este encontro, mas fazemos questão de que seja sempre em Marvila!”.

Joaquim Brito não tem dúvidas quando afirma que se trata do “maior encontro de concertinas que se realiza na Grande Lisboa” e destaca a presença de cerca de 180 tocadores e de grupos vindos de todos os pontos do país, com destaque para o seu Minho e para a Barrenta, ela própria terra de um grande encontro que também reúne muita gente.

Não faltaram os amigos de Carenque, da Portela, de Arganil, o famoso Seca Adegas, as escolas Filipe Oliveira e Daniel Sousa, entre tantos outros, incluindo a anfitriã Casa dos Arcos.

Também não faltou o habitual sorteio do presunto, nem a sempre agradável surpresa de ver no palco tocadores de palmo e meio a dominar cada vez melhor a arte de tocar a concertina!

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close