Cultura

Casino Estoril celebra Amália Rodrigues

Com o apoio da Fundação Amália Rodrigues, o Casino Estoril acolhe um ciclo comemorativo em homenagem ao 100º aniversário da fadista, aclamada como “a voz de Portugal”. O programa “Fados de Amália no Casino Estoril” reúne três vozes femininas que interpretam os fados e canções tradicionais popularizadas por Amália Rodrigues ao longo da sua carreira. Sandra Correia sobe ao palco do Lounge D, no dia 24, seguindo-se, Célia Leiria, no dia 25, e Joana Amendoeira, no dia 29 de Julho. As intérpretes serão acompanhadas por Pedro Amendoeira na guitarra portuguesa, e por Ivan Cardoso e Pedro Soares na viola de fado.

Com entrada livre, a não perder, no Lounge D, às 18 horas.

O Casino Estoril associa-se, assim, às comemorações do centenário do nascimento da maior figura da música nacional do século XX, que esgotou numerosas vezes o Salão Preto e Prata. Recorde-se que Amália Rodrigues assinou memoráveis actuações, entre as quais se destacam, por exemplo, várias noites de réveillon e protagonizou momentos únicos, partilhando o palco com Júlio Iglesias ou Tony Bennett.

Dia 24 – Sandra Correia

Sandra Correia é uma das melhores intérpretes de Fado da actualidade. Extensão vocal e expressão interpretativa, elegância, classe, reflectem uma artista superior, madura, serena e tranquila. A primeira vez que a ouvimos, ficamos “incomodados”. Não sabemos bem o que estamos a sentir, que força é aquela que nos leva às lágrimas, que nos toca tão fundo. Apenas sabemos que o queremos voltar a sentir.

É uma voz que nos toca. Uma voz que consegue no nosso tempo, toda a abrangência do Fado. O Fado todo. Aquele que vem do século XIX com todos os seus cambiantes e mistérios, até à capacidade invulgar de esgrimir e revelar toda a complicada trama de emoções do Poeta mais erudito vestido no fado mais elaborado. Em Sandra Correia tudo é verdade. Desde a intenção que dá à palavra dum poeta popular até ao entendimento mais sofisticado duma estrofe existencialista. Ela é Fado. Sandra Correia é uma feiticeira. Emudece quem a escuta. Emociona. Ela e o Fado não são duas entidades distintas. Ela e o Fado são unívocos. Sandra Correia é o garante do Fado. O tal que permanecerá para sempre. Na História de Portugal e da Música.

Dia 25 – Célia Leiria

Natural de Santarém, mais concretamente de Alcanhões, Célia Leiria nasceu numa família com tradição fadista no Ribatejo e com uma forte aptidão para as Artes. Talvez por isso a paixão pela música e pelo canto despertou logo na infância. Começou a dar os primeiros passos no fado com apenas 14 anos e, aos poucos, foi fortalecendo laços com grandes nomes do fado, que lhe deram um enorme incentivo.

Carlos Zel, um dos grandes fadistas de sempre, convidou-a, em 2001, para cantar nas prestigiadas “Quartas de Fado“ do Casino Estoril. Foi o ponto de partida para uma carreira sempre em crescendo, que já a levou a cantar em algumas das melhores salas do nosso país e levou o seu Fado a palcos internacionais. Célia Leiria canta, habitualmente, em diversas casas de fado de prestígio em Lisboa.

Dia 29 – Joana Amendoeira

Joana Amendoeira é uma das vozes mais relevantes da chamada “nova geração do Fado”. Fiel às suas bases mais tradicionais, o Fado na voz de Joana Amendoeira ganha uma nova vida e atitude. O apelo para o Fado surgiu ainda em criança e, com apenas 13 anos, sagra-se vencedora da Grande Noite do Fado do Porto. Hoje, mais de 20 anos passados de vivência no Fado, nove discos gravados e após ter pisado alguns dos mais conceituados palcos um pouco por todo o mundo, Joana Amendoeira mantém-se fiel às sonoridades tradicionais, acrescentando uma atitude e energia que fazem dela uma fadista ímpar.

O seu percurso conta com nove álbuns, vários prémios e distinções, show cases e concertos em feiras internacionais de música e digressões em diversos países. Prevê-se que o décimo disco da carreira “Na volta da maré”, com letras do poeta Tiago Torres da Silva e músicas do compositor Fred Martins seja lançado em breve. Joana Amendoeira orgulha-se de defender a essência mais tradicional do Fado, sem se desviar da sua própria expressão artística que a tornam num nome de referência da canção nacional.

Com entrada livre, o ciclo “Fados de Amália no Casino Estoril” está agendado para o Lounge D, de 24 a 29 de Julho, às 18 horas:

– Sexta-feira, dia 24, Sandra Correia

– Sábado, dia 25, Célia Leiria

– Quarta-feira, dia 29, Joana Amendoeira

O Casino Estoril foi distinguido com o certificado “Clean & Safe” do Turismo de Portugal e aderiu ao serviço COVID OUT, Selo de Confiança, Clean Surfaces Safe Places, emitido pelo ISQ.

O acesso aos espaços do Casino Estoril é livre, exceptuando as áreas de Jogo que são reservadas, por imperativo legal, para maiores de 18 anos.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close