Local

Alteração de trânsito nos Olivais

 

Devido às obras de reordenamento da circulação e estacionamento na zona dos Olivais, a partir da próxima quinta-feira, dia 13 de Dezembro, a Rua Cidade de Bolama passará a ter sentido único Poente – Nascente e a Rua Cidade Bissau terá sentido Nascente – Poente.

Estas alterações terão reflexo no funcionamento das carreiras 708, 759 e 779 da Carris e na praça de táxis que serve a zona comercial.

Ver mais

Artigos relacionados

13 Comments

  1. Uma das piores decisoes de reordenamento de trafego alguma vez vistas. Posivelmente imaginada por um visionario inconsciente que habita noutro bsirro.

  2. Boa Noite
    Agradecia que alguém me explicasse a lógica e necessidade das alterações de trânsito que ficaram efectivas hoje. As ruas em causa são suficientemente largas para ter dois sentidos e ter estacionamento em ambos. Será que isto é uma obra encomendada pela EMEL, espero que não seja isso, era um bocado triste colocar os interesses dessa empresa à frente do bem estar dos habitantes da zona. Curiosamente não vejo ninguém preocupar-se com o estacionamento selvagem na via interior da Rua Cidade de Bissau quando no Centro Comercial o estacionamento até é gratuito nas duas primeiras horas.
    Obrigado.
    Paulo Joaquim

  3. Moro nos Olivais na rua Cid. João Belo e passei no local 5 dias depois da implementação das alterações, já de noite e ainda sem saber de nada,ao descer a cidade de Bolama, vi um táxi fora de mão e não desconfiei. quando ia para entrar no estacionamento do shopping vi-me impedido pela plantação de pilaretes.
    Não sei se há mas também não vi nenhum placard a avisar das alterações.
    Tenho muitas duvidas sobre o bom resultado destas medidas que penso que seriam corretas se as ruas fossem estreitas o que não é o caso.

  4. Só podia sair da cabeça de um verdadeiro e completo imbecil este tipo de solução para este local , não só não resolve absolutamente nada como ainda piora o tráfego dentro da placa, moro na cidade da beira e vou frequentemente ao minipreço , e faço actualmente mais um kilometro para lá chegar , vá-la que este iluminado não se lembrou de me mandar para o porto ou pior até Madrid ou paris para chegar ao minipreço , este é só um caso mas existem mais , acontece o mesmo se pretender ir à pastelaria sorraia ,se pretender ir à quinta pedagógica , etc…. Se pretendem melhorar era mesmo bom avaliarem primeiro ou fazerem um estudo do local , para assim se verificar se é viável ou não , que me parece o caso , visto ser uma placa demasiado grande e ter largura suficiente para se fazer circulação em dois sentidos , se as coisas estão bem , vamos estragar e assim gastar dinheiro público , que eles não percebem nada . De referir que não quero acreditar que isto seja ou tenha dedo da Junta de Freguesia ….

  5. Esta alteração foi um perfeito disparate. . . Enfim. Para chegar à Escola Fernando Pessoa, tenho de dar uma volta completa ao Shopping e respectivos prédios.

  6. O presidente da Junta Srº Rosa do Egipto já enviou um comunicado publico à população a avisar que iam reverter a situação para os 2 sentidos como antigamente. Mas até agora ainda não vimos nada. Pelo menos admitiram que tinham feito asneira. Aguardamos para que resolvam o que fizeram.

  7. Meus amigos, foram criados 587 lugares de estacionamento!
    A Junta de Freguesia é fantástica e só os imbecis não compreendem esta obra maravilhosa!
    A EMEL virá em breve. Espero que gostem, porque eu já vou andando daqui para fora!
    Foi um prazer hibernar durante mais de vinte anos e lixar o Projecto inicial dos Olivais!

  8. Totalmente de acordo!
    Deve – se apurar de quem é a responsabilidade ,primeiro se da C.M.Lisboa ou da Junta de Freguesia dos Olivais , e em seguida se a decisão foi do respetivo presidente ou de algum vereador ( C.M.Lisboa )ou vogal (Junta de Freguesia ) em quem o presidente tenha delegado – em qualquer dos casos o presidente não fica desresponsabilizado – e pôr em evidência o nome ,para que não se esqueça o autor responsável por tamanho atentado urbanístico .

  9. Na sequência da minha resposta ao Rui Paulo ,gostaria de o ajudar nas suas perplexidades , mas não consigo – creio não ser possível explicar o inexplicável , nem encontrar necessidade onde não há necessidade .

  10. Agora percebo porque nada fez de relevante “(..)durante mais de vinte anos(…)” este “(…)autarca exemplar (…)” – como poderia ter feito se esteve sempre em hibernação?!…

  11. Agradeço , se possível , que me indique onde posso encontrar esse comunicado ( talvez na Junta , vou tentar…)
    É que , no âmbito da minha resposta ao Rui Paulo ( acima ),estou a investigar se a decisão tomada é da responsabilidade da Câmara e/ou da Junta de Freguesia .

  12. Já passou quase um ano e ainda nada foi alterado…
    Já se sabe, afinal, de quem é a responsabilidade e se algo está a ser feito para mudar?
    A “rotunda” criada faz com que, quem vem da Av. Cidade de Luanda e vá levar crianças às escolas percorra mais 1km, 2 kms, se for levar e buscar.
    Além disso, os condutores das viaturas estacionadas têm dificuldade em ver alguma coisa para poderem sair do estacionamento porque quem circula passa mesmo junto aos carros estacionados.
    Algumas pessoas conduzem pela esquerda como se circulassem numa verdadeira rotunda…
    Outras páram de repente sem qualquer sinalização porque descobriram um lugar…
    As entradas e saídas para as outras vias ou para o Spacio também não sofreram melhorias…

  13. Concordo plenamente com tudo o que disse a Maria Alves é uma realidade, e já assisti a várias choques entre viaturas porque os que circulam fazem razantes aos que estão estacionados, e quando estes querem sair não vem nada para traz, eu pessoalmente, já passei por essa situação. Gostava de saber que interesses estão por traz disto tudo! é uma aberração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close