Início » Dossier, Local » Alfama vence Marchas Populares de Lisboa

A Marcha de Alfama voltou a vencer o concurso das Marchas Populares de Lisboa, depois de já o ter conseguido o ano passado. O Bairro Alto alcançou o 2.º lugar e em 3.º lugar ficou a Madragoa.

Foi mais uma vez uma noite grandiosa, a noite rainha das Festas de Lisboa! Centenas de milhares saíram à rua por toda a cidade e milhares foram os que se deslocaram à Avenida da Liberdade para ver passar a marcha do seu coração ou apenas para deitar um olhar curioso, mesmo sem torcer por nenhuma…

As marchas em competição eram 20, como tem sido habitual, mais três extra-competição (a marcha infantil da Voz do Operário, a marcha dos Mercados e a da Santa Casa) e outras três convidadas (marchas representativas de Viseu, de Leiria e da Quarteira).

O júri atribuiu 247 pontos à Marcha de Alfama, além dos prémios de melhor figurino e melhor musicalidade. No segundo lugar, o Bairro Alto arrecadou 237 pontos, além do prémio de melhor desfile na Avenida. A fechar o pódio, a Madragoa totalizou 236 pontos e conseguiu a melhor coreografia.

Nas restantes categorias, a melhor cenografia foi para a Marcha de Carnide, a melhor letra para a Bica e a melhor composição original foi para a Bela Flor – Campolide, com “Piratas on the rock”.

Os 16 Casais de Santo António também desfilaram e foram muito acarinhados pelo público: mesmo com a música a “bombar” nas colunas do recinto, eram audíveis os gritos “A noiva é linda!” vindos das bancadas!

Este ano, a 85.ª edição das Marchas Populares de Lisboa era subordinada aos temas do Oceano Atlântico como “mar de encontros” e “Passado e Presente – Lisboa, capital ibero-americana de Cultura”.

Sem comentários... Seja o primeiro a comentar!