Destaque

Tudo aberto mas com máscara

Portugal deixa o estado de contingência e a 1 de Outubro passa a estado de alerta.

Em Conselho de Ministros, realizado esta Quinta-feira, dia 23 de Setembro, ficou decidido que atingidos os 85% da população totalmente vacinada, o país pode agora avançar para a última fase de desconfinamento, a iniciar a 1 de Outubro. Assim, serão tomadas as seguintes medidas:

— Abertura de bares e discotecas;

— Restaurantes sem limite máximo de pessoas por grupo;

— Fim da exigência de certificado digital ou teste negativo para acesso a restaurantes;

— Fim dos limites em matéria de horários;

— Fim dos limites de lotação, designadamente para casamentos, baptizados, comércio e espectáculos culturais.

Permanece a necessidade de Certificado ou teste negativo para:

— Viagens por via aérea ou marítima;

— Visitas a lares e estabelecimentos de saúde;

— Grandes eventos culturais, desportivos ou corporativos;

— Bares e discotecas.

É eliminada a recomendação de teletrabalho, assim como a obrigatoriedade da testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores. É também posto um fim na limitação à venda e consumo de álcool e deixa de ser necessário o certificado ou teste nas aulas de grupo em ginásios.

Permanece a obrigatoriedade de uso de máscara em transportes públicos, estruturas residenciais para pessoas idosas, hospitais, salas de espectáculos ou eventos e grandes superfícies, assim como na utilização de transportes colectivos de passageiros, incluindo o transporte aéreo.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close