Destaque

Terminaram as obras no Metro dos Olivais

Terminaram as obras na linha Vermelha da estação de Metro dos Olivais.

Os trabalhos de reabilitação, iniciados em 26 de Fevereiro de 2019, consistiram numa intervenção profunda face ao estado de degradação que apresentavam algumas zonas da estação e foram renovados alguns equipamentos e infraestruturas, fundamentais para a prestação de um serviço de qualidade aos passageiros.

Quase todo o espaço da estação estava afectado por infiltrações, por isso, foi necessário proceder a uma apurada intervenção estrutural, tanto na zona pública como na zona técnica.

As obras incluíram ainda a renovação dos tectos das abóbadas do cais, a reabilitação dos painéis de azulejos com as obras plásticas, bem como a limpeza e reabilitação das paredes e pedras de revestimento.

As infraestruturas elétricas não ficaram esquecidas e todas as zonas públicas têm agora iluminação LEAD. Foram integralmente substituídas duas escadas mecânicas de ligação entre o cais e o átrio, trocadas as portas dos três elevadores da estação e realizadas intervenções de renovação do sistema de bombagem da subestação de tração. O sistema de videovigilância da estação foi actualizado, com a inclusão da funcionalidade de controlo de acessos e intrusões à via férrea.

Ao nível da superfície, na zona adjacente ao elevador de ligação ao exterior, foram colocadas vedações de protecção e delimitação desse espaço, impedindo a vandalização recorrente que se vinha verificando ao longo do tempo e reforçando assim a segurança dos passageiros no acesso ao elevador.

Recorde-se que durante todo o período de intervenção a estação manteve-se aberta ao público e em plena operação, apenas com alguns condicionamentos pontuais a nível dos acessos.

Apesar da duração da obra e de todos os constrangimentos que possa ter causado, a verdade é que a população dispõe agora de uma estação totalmente renovada, com mais conforto e maior segurança.

A estação Olivais foi inaugurada em Outubro de 1998. Tem projecto arquitectónico de autoria de Rui Cardim e intervenção plástica de Nuno de Siqueira e Cecília de Sousa.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close