Local

Metro com mais desfibrilhadores

O Metropolitano de Lisboa conta já com 32 estações equipadas com aparelhos de Desfibrilhação Automática Externa (DAE), de acordo com uma nota enviada pela

No comunicado, o Metropolitano de Lisboa refere a existência de 300 operacionais de DAE formados, disponíveis sete dias por semana num total de 32 estações da rede.

A dotação de desfibrilhadores insere-se no âmbito do PADE – Programa de Desfibrilhação Automática Activo.

As 32 estações com DAE, abrangendo mais de 10 mil passageiros diários, são as seguintes:

  • Linha azul (10 estações) – Pontinha, Colégio Militar, Jardim Zoológico, São Sebastião I, Marquês de Pombal I, Avenida, Restauradores, Baixa-Chiado, Terreiro do Paço e Santa Apolónia;
  • Linha Amarela (8 estações) – Odivelas, Senhor Roubado, Cidade Universitária, Entrecampos, Campo Pequeno, Saldanha I, Marquês de Pombal II e Rato;
  • Linha Verde (8 estações) – Telheiras, Campo Grande, Alvalade, Alameda I, Anjos, Martim Moniz, Rossio e Cais do Sodré;
  • Linha Vermelha (6 estações) –  Aeroporto, Moscavide, Oriente, Alameda II, Saldanha II e São Sebastião II.

O Metro explica que a implementação do programa teve início nas estações do Colégio Militar e Jardim Zoológico e que foi agora alargado às restantes da lista.

A nota conclui informando que “A aquisição destes equipamentos ocorreu no âmbito de um processo de certificação junto do INEM. Todas as estações certificadas estão devidamente identificadas através de sinalética específica”.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close