Nacional

GNR apresenta agentes caninos para detecção de tabaco

A Guarda Nacional Republicana apresentou, na manhã do dia 29 de Junho, os quatro primeiros binómios (homem e cão) de detecção de tabaco em Portugal do Grupo de Intervenção Cinotécnico (GIC), na Escola da Guarda, em Queluz.

Esta nova especialização cinotécnica resultou do acordo realizado entre a GNR e a Tabaqueira, assinado em Maio passado, no âmbito da colaboração na detecção de produtos de tabaco de contrabando e contrafação.

Durante a apresentação foi realizada uma demonstração do trabalho que fazem os parceiros caninos, desde o treino de obediência até ao treino de odor de tabaco.

Fazem parte destas equipas os agentes caninos Lusa, Demon, Goral e Sasa que apoiam a GNR no combate ao comércio ilícito de tabaco.

No evento estiveram presentes – para além dos agentes da GNR e cães, sem os quais, obviamente, não haveria apresentação – o Comandante-Geral da GNR, Tenente-General Rui Manuel Carlos Clero, e o administrador e Diretor-Geral da Tabaqueira, Marcelo Nico.

Destacou-se nesta apresentação a agente canina Lusa, que fez notar a sua presença feminina por ser uma cadela de raça Perdigueiro Português (única no dispositivo da GNR), pela sua energia, pela sua inteligência e, claro está, pelo seu “sexto sentido” altamente farejador.

 

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close