Destaque

Homenagem à Ucrânia na Feira do Livro de Lisboa

De 25 de Agosto a 11 de Setembro, a Cultura celebra-se no Parque Eduardo VII com uma mão cheia de eventos culturais.

A partir do dia 25 de Agosto, a Câmara Municipal de Lisboa convida todas as pessoas a visitar a Feira do Livro de Lisboa e a assistir a uma programação cultural diversificada, que vai da leituras e histórias encenadas a oficinas de pintura, passando pelos jogos de mesa e de tabuleiro, pela dança, música, tertúlias e debates, lançamentos de livros e sessões de cinema, entre muitas outras iniciativas.

Este ano, a Câmara Municipal de Lisboa está presente em quatro locais e com diferentes ofertas. Há uma programação cultural no auditório sul da Feira, um espaço com programação infantil dedicado às famílias, mas também a todas as pessoas, localizado no stand das Bibliotecas Municipais de Lisboa, uma exposição em homenagem ao ator Ruy de Carvalho no espaço público e a loja das Bibliotecas no início do recinto, com produtos e livros à disposição de todos.

Na essência dos diferentes eventos procura-se promover a Língua e os Autores Portugueses, fomentar o gosto pelos Livros e o incentivo à Leitura, na sua estreita relação com as diferentes formas de expressão artística.

No primeiro dia, a 25 de Agosto, os destaques vão para a inauguração da exposição de homenagem ao ator Ruy de Carvalho que consagra a sua vida e a sua obra, estando ainda previstos uma sessão de histórias contadas para toda a família e um concerto de música pelo Coro da Federação Catalã de Entidades Corais. No dia 26 de Agosto, a programação do auditório sul abre com o lançamento do livro Hospital Real de Todos-os-Santos: Lisboa e a saúde seguido de debate sobre o projecto de investigação centrado na importância desta unidade hospitalar para o desenvolvimento dos cuidados médicos em Portugal.

Os dias que se seguem são preenchidos com oficinas de imagens, de pintura e de construção, em colaboração com as Bibliotecas Municipais de Lisboa, o Serviço Educativo do Arquivo Municipal de Lisboa ou da Casa Fernando Pessoa, a Divisão de Apoio Sócio Educativo da Câmara Municipal de Lisboa e outros parceiros, com apresentações de livros pensadas para públicos específicos que exploram a imaginação e a criatividade, propondo diferentes abordagens aos livros escolhidos para animar estas sessões. Os jogos de mesa ou de tabuleiro, juntamente com outras actividades que abordam a temática verde e a sustentabilidade são algumas das propostas que integram este programa.

Há ainda espaço para debates e tertúlias com diferentes autores e convidados nacionais e internacionais, com destaque para as parcerias com o Camões – Centro Cultural Português em Maputo, a ILGA Portugal, entre outras entidades. No dia 11 de Setembro, Eduardo Quive, escritor moçambicano e vencedor da edição de 2022 da residência literária em Lisboa, estará à conversa com Joana Bértholo, escritora e dramaturga portuguesa que participou em 2019 na residência literária em Maputo. Recorde-se que este programa de intercâmbio artístico é fruto de um protocolo de cooperação entre a Direcção Municipal de Cultura da Câmara Municipal de Lisboa e o Camões – Centro Cultural Português em Maputo.

Os dias são ainda animados com concertos de música que recuperam tradições, canções intemporais, arranjos de canções pop ou músicas para bebés e propostas de dança improvisada ou inspirada nas tradições afro-brasileiras. Realizam-se também sessões de cinema com a exibição de documentários da autoria de Raul Losada, conduzindo-nos a uma viagem inédita e surpreendente a Olísipo (a cidade de Lisboa) e aos nossos antepassados.

No âmbito do centenário do nascimento do fotógrafo português Artur Pastor (1922-2022), o destaque vai para o lançamento do livro “Artur Pastor, Portugal país de contrastes” que reúne uma seleção de 257 imagens e textos de Artur Pastor (filho de Artur Pastor), Isabel Corda, Coordenadora do Arquivo Municipal Fotográfico e Paula Figueiredo, Arquivo Municipal Fotográfico.

Por último, convida-se o público a descobrir a literatura ucraniana contada a duas vozes. Uma proposta literária que pretende homenagear a Ucrânia, o país convidado de honra desta 92ª edição da FLL.  

Conheça toda a programação AQUI

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close