Destaque

Ciência Viva recebe prémio internacional

A Ciência Viva venceu um prémio internacional atribuído pela ASTC, a associação de museus e centros de ciência e tecnologia norte-americana.

Os Circuitos Ciência Viva são os vencedores 2019 de um prémio intitulado “Roy L. Shafer Leading Edge Award for Business Practice” (à letra: “Prémio de Vanguarda na Prática de Negócios”), na categoria de “Large Institution”, ou seja, “Grande Instituição”.

A distinção é atribuída anualmente pelo ASTC (Association of Science-Technology Centers), a associação profissional norte-americana de museus e centros de ciência e tecnologia.

Rosalia Vargas, presidente da Ciência Viva, recebe o prémio em Toronto, no Canadá, naquela que é a 15.ª edição dos prémios que “reconhecem projectos e práticas excepcionais nas categorias de Prática de Negócios, Experiência dos Visitantes e Liderança em museus e centros de ciência de todo o mundo que tenham sido implementados nos últimos três anos”, conforme adianta a Ciência Viva em comunicado.

Os Circuitos Ciência Viva foram criados em 2017 pela Ciência Viva com o objectivo de tornar mais visível a Rede Nacional de Centros Ciência Viva, ligando-a a um ambicioso projecto de turismo do conhecimento. O seu lema é “Deixe-se guiar pela curiosidade” e desde 2017 já foram quase 34 mil os visitantes que quiseram fazer isso mesmo!

Se ficou interessado, saiba que os Circuitos Ciência Viva oferecem entrada gratuita nos 21 Centros Ciência Viva e descontos em mais de duas centenas de instituições de ciência, cultura, alojamento e restauração. O cartão tem a validade de um ano, um custo de 50 euros e abrange dois adultos ou um casal com filhos até aos 17 anos.

Parabéns, Ciência Viva!

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close