Nacional

Cai a máscara

Na reunião do Conselho de Ministros, decorrida a 25 de Agosto, foi aprovado o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras nos transportes colectivos, incluindo o transporte aéreo, e nos táxis ou viaturas TVDE, assim como também nas farmácias.

O uso de máscaras ou viseiras mantém-se obrigatório nos estabelecimentos de saúde, lares de idosos e unidades de cuidados continuados.

 Segundo a Ministra da Saúde, Marta Temido, a medida aprovada deve-se “à evolução favorável” e à “tendência estável do número de casos” de Covid a nível nacional, no entanto, sublinhou que esta dispensa da obrigatoriedade não invalida que em cada momento cada um faça a avaliação de risco e, se assim o entender, se proteja devidamente.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Close
Close