CulturaLocal

Gala do Fado – Carlos Zel esgotou o Salão Preto e Prata

A 16.ª edição da “Grande Gala do Fado – Carlos Zel” levou várias gerações de fadistas ao Salão Preto e Prata do Casino Estoril, no dia 12 de Setembro.

O Salão Preto e Prata esgotou para receber a 16.ª edição deste grande evento, que cumpriu uma vez mais o propósito de homenagear um dos nomes mais carismáticos da história da “canção nacional”.

A tradição fadista regressou, assim, ao Casino Estoril, que celebrou, de forma especial, a mais pura identidade da música portuguesa. Foi uma noite inesquecível para os apreciadores de fado, que assistiram, ao longo de duas horas, a uma invulgar série de notáveis actuações.

Com diferentes estilos interpretativos, os fadistas Pedro Moutinho, Fábia Rebordão, Ricardo Ribeiro, Cuca Roseta, Rodrigo e Ana Moura subiram ao palco do Salão Preto e Prata, conquistando os aplausos dos espectadores.

Num cenário intimista, os artistas apresentaram quatro dos melhores temas dos seus respectivos repertórios, sendo acompanhados por Ângelo Freire na guitarra portuguesa, Pedro Soares na viola de fado e André Moreira na viola baixo.

Lançada em 2002, a “Grande Gala do Fado” evoca, todos os anos, o fadista Carlos Zel, precursor das “Quartas de Fado” no Casino Estoril, evento que o artista prematuramente desaparecido promoveu e organizou durante dois anos.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close