Sociedade

Encontros nos Palácios Nacionais em Setembro e Outubro

Este mês, os “Encontros nos Palácios Nacionais” de Queluz e de Sintra estão de volta para debater novas perspectivas do património. Marcadas pela informalidade, estas palestras mensais decorrem sempre ao fim do dia e privilegiam a interação entre o grande público e alguns dos maiores especialistas em áreas tão diversas como História, Museologia, Arquitetura, Ciência e Arte.

 22 de Setembro, às 19h00, no Palácio Nacional de Queluz, assinala-se o bicentenário da independência brasileira com o Encontro “Na Real Quinta de Queluz com Cláudia Thomé Witte: D. Pedro, a Independência do Brasil e o regresso a Queluz”. O Palácio onde D. Pedro IV de Portugal e primeiro imperador do Brasil nasceu, cresceu e ao qual regressou nas vésperas da sua morte, em 1834, é o local ideal para evocar a vida e os feitos deste extraordinário e controverso personagem histórico. Conduz esta viagem Cláudia Thomé Witte, investigadora independente luso-brasileira e membro do Instituto Histórico de Petrópolis e do Freundeskreis Leuchtenberg. A especialista, que há mais de 20 anos estuda a época do reinado de D. Pedro no Brasil, assim como o período em que este encabeçou as guerras liberais em Portugal, revela espaços, retratos e objectos que guardam muitos segredos.

O Encontro de Outubro, intitulado “No Paço Real de Sintra com Rosário Salema: Caminhos da História por azulejos ibéricos”, está agendado para o dia 20, também às 19h00, no Palácio Nacional de Sintra, cujos revestimentos cerâmicos constituem um dos mais importantes testemunhos da utilização de azulejos de corda seca, aresta e relevo dos séculos XV e XVI, não apenas em Portugal, mas a nível ibérico. Nesta palestra, a especialista em azulejaria Rosário Salema de Carvalho, investigadora do ARTIS – Instituto de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e coordenadora do grupo Az – Rede de Investigação em Azulejo, explora a singularidade da coleção de azulejos do Palácio e partilha com o público os mais recentes resultados dos seus estudos, nos quais tem recorrido às Tecnologias de Informação e à Inteligência Artificial.

 No final de cada “Encontro”, há tempo para confraternizar e partilhar ideias durante um Colares de Honra. Estes eventos têm um número limitado de participantes e o custo simbólico de 1€, mediante compra de ingresso online no site da Parques de Sintra.

Com o ciclo de palestras “Encontros nos Palácios Nacionais”, a Parques de Sintra, no cumprimento da sua missão, continua a apostar na partilha e na disseminação do conhecimento, proporcionando ao grande público o acesso fácil aos resultados mais recentes do trabalho de investigação sobre os temas relacionados com o património que tem à sua guarda.

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close