CulturaEducação

“Escolas em Concerto 2024” no Cinema São Jorge

Com a duração aproximada de uma hora e meia, o concerto inicia-se às 16h00, é aberto ao público e terá entrada gratuita, mediante o levantamento de bilhetes no Cinema S. Jorge.

A 11.ª edição do evento “Escolas em Concerto” decorre no próximo dia 23 de Junho no Cinema São Jorge, em Lisboa, e conta com a participação de cerca de 200 crianças e jovens dos cinco polos da Orquestra Geração Lisboa. O espectáculo destina-se a divulgar o trabalho efectuado pelos alunos da Orquestra Geração Lisboa durante o ano lectivo 2023/2024 e mostrar à cidade de Lisboa como a música se pode constituir num veículo de intervenção social e de combate ao abandono e insucesso escolar.

Com a duração aproximada de uma hora e meia, o concerto inicia-se às 16h00, é aberto ao público e terá entrada gratuita, mediante o levantamento de bilhetes no Cinema S. Jorge.

O projecto Orquestra Geração é um programa de intervenção social e de combate ao abandono e insucesso escolar através da música, destinado a crianças em situação de maior vulnerabilidade educativa e social e a escolas onde o abandono escolar e os problemas de convivência multicultural são mais sensíveis.

A Câmara Municipal de Lisboa deu início projecto no ano letivo 2010/2011, nas escolas básicas Arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles – Boavista e Alexandre Herculano – Ajuda. Contou então com 66 alunos, número que foi aumentando nos anos seguintes.

Atendendo a que a Orquestra Geração tem reconhecido o potencial transformador individual, familiar e comunitário, alargando o espectro de opções dos jovens e induzindo na comunidade poderosos impulsos de desenvolvimento pessoal, a autarquia tem vindo a alargar o projecto a cada vez mais escolas e financia os encargos não cobertos pelo Ministério da Educação, designadamente os inerentes à Orquestra Jovem Municipal Geração Lisboa.

Em 2018 teve início a “Orquestra dos Afetos” na escola básica da Alta de Lisboa, especialmente vocacionada para crianças dos quatro  aos seis anos, com aulas de expressão musical.

O “Projecto Orquestra Geração” é, ainda, uma experiência bem-sucedida de aprendizagem e de criação de “percursos improváveis”, que potencia a criação de fortes laços de amizade.

O programa envolve actualmente cerca de 339 alunos – crianças e jovens, oriundos de contextos sociais diversificados que, de um modo geral, de outra forma dificilmente teriam acesso ao ensino da música e à prática de orquestra.

A Orquestra Geração Lisboa tem, actualmente, cinco polos:

Polo de Benfica – Escolas Básicas Arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles, Pedro de Santarém, Jorge Barradas e Escola Secundária José Gomes Ferreira;

Polo das Olaias – EB do Armador e EB2,3 das Olaias;

Polo Francisco Arruda – EB´s Alexandre Herculano, Franciso Arruda e Alto de Santo Amaro;

Polo Gil Vicente – EB Santa Clara e EBS Gil Vicente;

Polo Pintor Almada Negreiros – JI Alta de Lisboa, EB´s Alta e Lisboa e Pintor Almada Negreiros.

Paralelamente foi formada a “Orquestra dos Afetos” e ainda a Orquestra Jovem Municipal Geração Lisboa, que varia entre os 55 e os 65 alunos provenientes de todos os diferentes polos da Orquestra de Lisboa.

No total, fazem parte deste projecto 339 crianças e jovens.

PROGRAMA “Escolas em Concerto 2024”

16h00

Abertura do Concerto com as seguintes intervenções: Presidente da Associação das Orquestras Sinfónicas Juvenis Sistema Portugal (AOSJSP), Helena Lima e Vereadora do Pelouro da Educação, Sofia Athayde.

 16h15

Orquestra de Sopros Geração Lisboa

Direcção: Bruno Santos

Marchas de Lisboa, arr. João Constantino Neves

Uma noite em Lisboa (Fantasia Alfacinha), arr. Álvaro Reis

Orquestra Jovem Municipal Geração Lisboa

Direcção: Jorge Camacho

Abertura da ópera Nabucco, G. Verdi, arr. Sandra Dackow

3 Canções Ucranianas, Carlos Garcia com colaboração de Marian Yanchyk

Rapsódia dos Rios, op. 93c, Anne Victorino d’Almeida com colaboração de Edison Otero

Orquestra de Iniciação B

Direção: Tânia Gato

Passa o batalhão em Inglaterra, Tradicional infantil, arr. Sara Abreu

Tia Rosa, S. Suzuki

Canção de Maio, S. Suzuki

Orquestra de Iniciação A

Direcção: Margarida Ferreira

Tio Manel, Tradicional infantil

Os Pintinhos, Tradicional infantil

O Macaco, Tradicional infantil

Orquestras de Iniciação A e B

Direcção: Bruno Pires

Merengue do 1.º dedo, Carlos Medrano

17h30

Encerramento do Concerto

Ver mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Close
Close